Petrobras (PETR4) finaliza venda do Polo Lagoa Parda (ES)

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)
1

Crédito: Petrobras-PETR3-PETR4-hidrocarbonetos

A Petrobras (PETR4) informou nesta quarta (30) que finalizou hoje a venda da totalidade de sua participação nos campos terrestres do Polo Lagoa Parda, no Espírito Santo, próximo ao município de Linhares.

A venda do Polo foi para a Imetame Energia Lagoa Parda Ltda., afiliada da Imetame Energia.

Petrobras: venda envolveu mais de US$ 10 mi

A operação foi concluída com o pagamento de US$ 9,44 mi para a Petrobras, já com os ajustes previstos no contrato.

Participe do maior evento de investimentos da América Latina

“Assim, o valor recebido no fechamento se soma ao montante de US$ 1,405 mi pagos à Petrobras na assinatura do contrato de venda”, acrescenta o comunicado da companhia.

“A operação está alinhada à estratégia de otimização de portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia”, lembra a estatal.

“Dessa forma, a companhia passa a concentrar cada vez mais os seus recursos em ativos de classe mundial em águas profundas e ultra-profundas.”

Petrobras (PETR4) informa recorde de produção de diesel S-10 e GLP

Sobre o Polo Lagoa Parda

O Polo Lagoa Parda compreende três concessões terrestres em produção: Lagoa Parda, Lagoa Parda Norte e Lagoa Piabanha.

A Petrobras é operadora com 100% de participação nos três campos.

A produção média do Polo de janeiro a agosto de 2020 foi de aproximadamente 113,5barris de óleo por dia (bpd) e 1,7mil m3/dia de gás natural.

Petrobras (PETR3 PETR4) vende participação na Gás Local

Petrobras (PETR4) inicia fase vinculante da venda de empresas elétricas

Petrobras (PETR4) prorroga prazos com Sete Brasil e assume operações no AP