Petrobras (PETR4) e Cosan (CSAN3) marcam AGO; Dommo (DMMO3) tem alteração acionária

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Agência Brasil/Petrobras

A Petrobras (PETR4) informou que sua assembleia geral ordinária (AGO) de 2021 será realizada no dia 14 de abril de 2021.

O horário, local e formato da referida assembleia serão informados oportunamente, disse a Petrobras.

A companhia informou também que divulgará o seu relatório trimestral de produção e vendas do quarto trimestre de 2020 em 2 de fevereiro.

Conquiste sua Independência Financeira. Conheça os 4 Pilares para Investir

O relatório de desempenho financeiro do quatro trimestre dia 24 de fevereiro, após o fechamento dos mercados.

Em 25 de fevereiro, serão realizados dois webcasts, o primeiro em português e o segundo em inglês, para apresentar os resultados da companhia e resultado anual de 2020.

Dommo Energia (DMMO3) informa que a gestora Pimco reduziu participação no capital para 13,4664%

A Dommo Energia (DMMO3) recebeu, nesta quarta-feira (13), correspondência da acionista Pimco informando que seu percentual de ações sofreu uma diminuição de aproximadamente 1,616%.

Desse modo, a Pimco passa a deter 13,4664% do capital social total da Dommo, representado por 307.948.654 ações ordinárias.

Carrefour (CRFB3) marca AGO

O Carrefour (CRFB3) informou que sua AGO será realizada no dia 13 de abril de 2021.

As orientações detalhadas sobre a referida assembleia serão oportunamente divulgadas pela Companhia, incluindo seu local de realização, horário e demais formalidades necessárias.

Cosan (CSAN3): AGO

A Cosan (CSAN3) comunicou a realização de AGO para o dia 30 de abril de 2021.

Outras informações serão divulgadas conforme os prazos da legislação e regulamentação aplicáveis, disse a Cosan.

Even (EVEN3) vende hotel Fasano

A Even (EVEN3) informou que a subsidiária da Companhia, Taperebá Empreendimentos Imobiliários, assinou, em 12 de janeiro de 2021, as escrituras de compra e venda nos termos do qual a Taperebá alienou alguns imóveis do Condomínio Pedroso Alvarenga, localizado na capital de São Paulo.

Dessa forma, o Fundo Pompeia adquiriu o Subcondomínio 02 – Hotel – e o Subcondomínio 04 – Restaurante, pelo montante de R$ 280 milhões.

Já o Fundo Ibiza, adquiriu 32 unidades autônomas dos Studios, integrantes do Subcondomínio 03 por R$ 30 milhoes.

A Operação foi realizada com a aprovação do Conselho de Administração da Companhia.