Petrobras (PETR4) confirma negociação da Refap com Ultrapar (UGPA3)

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Divulgação / Petrobras

A Petrobras (PETR3 PETR4) confirmou nesta terça-feira (19) que recebeu proposta vinculante para a venda da Refinaria Alberto Pasqualini (REFAP), em Canoas, no Rio Grande do Sul. Agora, está em fase de negociação com a Ultrapar (UGPA3).

Com isso, iniciou-se o processo de negociação dos termos do contrato de compra e venda e contratos auxiliares.

Atualmente, a Ultrapar atua no setor de óleo e gás por meio da Ipiranga, Ultragaz e Ultracargo, onde está acelerando investimentos.

Conheça planilha que irá ajudar nas escolhas, gestão e diversificação de suas ações

“A potencial aquisição da REFAP fortalecerá a posição da Ultrapar no setor, contribuindo para um portfólio de negócios mais complementar e sinérgico, com maior eficiência, potencial de geração de valor para toda a cadeia e benefícios para os consumidores”, disse a empresa, em comunicado ao mercado.

Outros negócios da Petrobras

A Petrobras também informou que recebeu propostas vinculantes para venda da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (REPAR), em Araucária, no Paraná, e está em fase de análise das propostas.

Além disso, a petrolífera está aguardando as ofertas finais de todos os participantes no processo de venda da Refinaria Landulpho Alves (RLAM), em São Francisco do Conde, na Bahia, com base nas versões negociadas dos contratos com o Mubadala Investment.

Ainda recebeu propostas vinculantes e está em fase de negociação para venda da Refinaria Isaac Sabbá (REMAN), no Amazonas, Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (LUBNOR), no Ceará, e Unidade de Industrialização do Xisto (SIX), no Paraná.

Por fim, a Petrobras “espera receber as propostas vinculantes” para venda da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco, e Refinaria Gabriel Passos (REGAP), em Betim, Minas Gerais, no primeiro trimestre deste ano.