Petrobras (PETR4) Comitê de Pessoas aprova indicação de Silva e Luna

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)
1

Crédito: Rerprodução / Flickr

O Comitê de Pessoas da Petrobras (PETR4) aprovou nesta terça (16) a indicação de Joaquim Silva e Luna para os cargos de Conselheiro de Administração e de Presidente da companhia.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou em fevereiro a demissão do presidente da estatal, Roberto Castello Branco, e nomeou para o cargo o general Joaquim Silva e Luna, que estava na direção de Itaipu.

Luna precisa agora ser aprovado Assembleia Geral Extraordinária da empresa do próximo dia 12 de abril.

Operar Vendido, Shoppings, Tendências e muito mais, confira a agenda de hoje no FII Summit

Petrobras: fundos do Banco Clássico indicam nome para o conselho de administração

O Comitê de Pessoas do Conselho de Administração da companhia concluiu que não “há vedações para que o Joaquim Silva e Luna seja eleito Conselheiro de Administração na  e, na sequência, Presidente da Companhia pelo Conselho de Administração, facultando-se aos acionistas e ao Conselho de Administração aferir o preenchimento de requisitos subjetivos adicionais aos previstos na legislação.”

Petrobras: Boletim de Voto a Distância

A Petrobras informa que reapresentou hoje os boletins de voto a distância de suas Assembleias Geral Extraordinária de 12 de abril (AGE) e Geral Ordinária de 14de abril de 2021 (AGO) com as seguintes alterações:

Boletim de voto a distância -AGE de 12 de abril terá a inclusão do candidato Marcelo Gasparino da Silva, indicado pelos acionistas minoritários para a eleição de membro do Conselho de Administração com adoção do processo de voto múltiplo.

Petrobras): 4 conselheiros recusam recondução na empresa após mudança de comando

Boletim de voto a distância -AGO de 14de abri terá a inclusão dos candidatos Michele da Silva Gonsales Torres e Antonio Emílio Bastos de Aguiar Freire, indicados por acionistas minoritários detentores de ações preferenciais, para os cargos de membro e suplente da eleição em separado do Conselho Fiscal.

“A reapresentação dos Boletins não afeta qualquer das propostas relativas às Assembleias anteriormente previstas nos Boletins”, informa a Petrobras.

“Os votos constantes dos Boletins eventualmente já enviados para a companhia serão considerados válidos.”

Petrobras: indicação para o Conselho Fiscal

A Petrobras informou que recebeu indicação de acionistas detentores de ações preferenciais de candidatos para o Conselho Fiscal, cuja eleição ocorrerá na Assembleia Geral Ordinária de 14de abril de 2021.
Os candidatos indicados pelos acionistas FIA Dinâmica Energia e Banclass FIA são:
– Michele da Silva Gonsales Torres para Membro do Conselho Fiscal pelos acionistas preferencialistas (titular)
– Antonio Emílio Bastos de Aguiar Freire para Membro do Conselho Fiscal pelos acionistas preferencialistas (suplente)

Petrobras (PETR4): Transpetro tem lucro recorde de R$ 1,3 bilhão em 2020
Segundo a Petrobras, Michele da Silva Gonsales Torres é advogada, atualmente sócia da ALFM Advogados possui experiência em: Governança Corporativa; Compliance; Gestão de Departamentos Jurídicos; Avaliação e Gestão de Riscos; Análise, Elaboração e Gestão de contratos diversos; Societário; Planejamento estratégico jurídico para estruturação de negócios.

A empresa informa que Antonio Emílio Freire é auditor sênior que tem uma riqueza de experiência prática apoiada por qualificações acadêmicas superiores. “Nos últimos 10 anos, vem atuando em cargos de liderança em gestão de riscos, planejamento estratégico e controles internos”, adiciona.

Petrobras: indicação de Conselheiro

A Petrobras comunica ainda que recebeu indicação do candidato Marcelo Gasparino da Silva para o Conselho de Administração da companhia — cuja eleição ocorrerá na Assembleia Geral Extraordinária de 12 de abril de 2021, caso adotado o procedimento de voto múltiplo.
O candidato é indicado pelos acionistas FIA Dinâmica Energia, Banclass FIA, RPS Equity Hedge Master FIM, RPS FIA Selection Master, RPS Long Bias Selection FIA, RPS Prev Absoluto Icatu FIM Master, RPS Sistemático FIA e RPS Total Return Master FIM.
A Petrobras diz que “Marcelo Gasparino da Silva é advogado especialista em administração tributária empresarial pela ESAG.”
É Presidente do Conselho de Administração da Eternit (2017-2022), Conselheiro de Administração Vale (2020-2021), da Cemig (2016-18, 2018-20 e 2020-22), e membro do Conselho Fiscal da Petrobras (2019-2020 e 2020-21).