Petrobras (PETR4) e BR (BRDT3) informam contrato de R$ 1,2 bi

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Wikimedia

A Petrobras (PETR4) celebrou com a BR distribuidora (BRDT3) um contrato de compra e venda de óleos lubrificantes básico, no valor de R$ 1,236 bilhão.

A transação terá vigência do dia 1º de abril de 2020 até 31 de março de 2022.

No dia 31 de março, a Petrobras assinou com a coligada Nova Transportadora do Sudeste (NTS) um aditivo ao contrato de serviço de transporte firme de gás natural do novo sistema de transporte, firmado em 2009 com vencimento em 30/11/2029.

O objetivo é atualizar o valor da tarifa de transporte e o valor do contrato para refletir a inclusão dos pontos de entrega de São Bernardo do Campo II/SP e Duque de Caxias/RJ.

Conheça os benefícios de se ter um assessor de investimentos

O valor original do contrato é de R$ 17,951 bilhões atualizado anualmente pelo IGP-M.

Já o valor do aditivo corresponde a R$ 405,7 milhões, no dia 1º de dezembro do ano passado (equivalente a R$220.610.487,22, considerando a data base contratual de 01/12/2009).

O aditivo vigorará do dia 31 de março desta ano até 30 de novembro de 2029.

Eletrobras (ELET6): compra de 49% da Eólica Mangue Seco 2

O Conselho de Administração da Eletrobras aprovou, nesta segunda-feira (11), a oferta vinculante realizada pelo Fundo de Investimento Pirineus para aquisição da totalidade da participação da Eletrobras, correspondente a 49% do capital social total, na Sociedade de Propósito Específico (SPE) Eólica Mangue Seco 2, (MS2).

Simule e projete seus ganhos: utilize nossa calculadora de investimentos

O valor da proposta recebida é de R$ 33 milhões, a cifra poderá ser acrescida em até 15% dependendo da geração futura de energia.

Segundo a Eletrobras, caso algumas condições previstas no acordo de acionistas se concretizem, o valor de venda será majorado em mais R$ 2 milhões.

A celebração do contrato de compra e venda acontecerá na sequência e, posteriormente, com a devida aprovação da ANEEL, CADE e credores, o FIP Pirineus passará a deter 49% de participação na MS2.

Eletrobras (ELET6) adia divulgação do balanço do 1TRI20

A Eletrobras informou, nesta segunda-feira (11), que a divulgação do resultado referente ao primeiro trimestre de 2020 será adiado para o dia 28 de maio.

A divulgação estava prevista para o dia 19 de maio. Já a teleconferência marcada para o dia 20 de maio, foi postergada para o dia 29 de maio (14:30h horário de Brasília).

LEIA MAIS:

Os benefícios de se ter um assessor de investimentos

Com provável Selic a 2,25%, como ficam os investimentos?

Desmistificando o COE: interesse pelo produto cresce mais a cada dia