Petrobras (PETR3; PETR4) pagará R$ 63,7 milhões a debenturistas

José Azevedo
Jornalista especializado em economia.
1

Crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A Petrobras (PETR4; PETR4) anunciou nesta terça-feira (14) que pagará R$ 63,7 milhões aos detentores das primeira e segunda séries da sua sétima emissão de debêntures. Serão pagos R$ 20,37258873 por papel da primeira série. E mais R$ 22,05446384 da segunda.

De acordo com a companhia, haverá incidência de imposto de renda na fonte referente a investimentos financeiros de renda fixa, sobre o montante a ser pago.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Bradespar (BRAP4) aprova aumento de capital para R$ 5,7 bilhões

O conselho de administração da Bradespar (BRAP4) aprovou aumento de capital da companhia de R$ 4,1 bilhões para R$ 5,7 bilhões.

Essa elevação se dará mediante a emissão de 45.062.565 ações, sendo 15.818.449 ordinárias e 29.244.116 preferenciais.

Com isso, será capitalização o saldo da conta Reserva de Lucros –Reserva Estatutária. E o saldo da conta Reserva de Lucros –Reserva Legal.

Blue Tech (JBDU3): diretor de novos negócios renuncia

A Blue Tech (JBDU3) informou ao mercado que o seu diretor de novos negócios, Guilherme Moralles, entregou sua carta de renúncia.

O cargo de diretor de novos negócios será acumulado por Yuri Marcel Dias da Silva. Ele é atualmente diretor de relação com investidores.

Hermes Pardini (PARD3) pagará JCP

O conselho de administração da Hermes Pardini (PARD3) aprovou o pagamento de R$ 9,2 milhões em juros sobre o capital próprio (JCP).

O provento é referente ao segundo trimestre deste ano. Cada acionista receberá por papel que possui uma quantia de R$ 0,07285749676.

Taesa (TAEE11) pagará juros de debêntures

A Taesa (TAEE11) pagará nesta quarta-feira os detentores da primeira série da sua quarta emissão de debêntures – será R$ 51,11 por cada um dos 255 mil papeis, totalizando R$ 13,5 milhões.

Ânima (ANIM3) aprova novo membro do conselho

A Ânima Educação (ANIM3) aprovou, em assembleia geral extraordinária, a eleição de Marcelo Barbalho Cardoso como membro do conselho de administração. O novo membro do conselho era o antigo CEO da Laureate, que a Ânima adquiriu no começo do ano.

Além disso, a assembleia aprovou também a renovação da outorga dada ao conselho do ato de aprovar novos executivos da companhia. E também um bônus a executivos por atendimento de metas.

 

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3