Petrobras (PETR4) assina contrato para venda de campo terrestre em Sergipe

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Divulgação/Petrobras

A Petrobras (PETR3 PETR4) informou nesta segunda-feira (10) que assinou com a Petrom contrato para a venda da totalidade de sua participação de 50% no campo terrestre de Rabo Branco, localizado na Bacia de Sergipe-Alagoas, no Estado de Sergipe.

A assinatura, segundo a Petrobras, decorre do exercício do direito de preferência pela Petrom, que detém os 50% restantes de participação no campo.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Em dezembro de 2020, a Petrobras assinou com a Energizzi contrato de compra e venda da totalidade de sua participação no campo de Rabo Branco, sendo uma das condições precedentes para o fechamento da operação o não exercício do direito de preferência pela operadora Petrom.

Mas a Petrom comunicou o exercício à Petrobras, o que acarretou a rescisão do contrato de compra e venda com a Energizzi e na celebração do contrato com a Petrom, nas mesmas condições previamente estabelecidas.

O valor da operação é de US$ 1,5 milhão e foi integralmente quitado.

De acordo com a Petrobras, “o fechamento da transação com a Petrom está sujeito ao cumprimento de condições precedentes, tais como a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)”.

A Petrom é uma sociedade de propósito específico (SPE) constituída para o gerenciamento das atividades desenvolvidas no campo de Rabo Branco, no qual é operadora e detinha, até a operação 50% de participação. A empresa pertence ao Grupo Ecom.

PetroRio (PRIO3): produção inicial do poço Polvo pode ficar em torno de 2.500 barris de óleo por dia

A PetroRio (PRIO3) informou hoje (10) os resultados da perfuração no reservatório do Eoceno no Campo de Polvo (POL-K), cuja produção inicial ficou em torno de 2.500 barris de óleo por dia, ainda em período de avaliação.

“Este resultado bastante satisfatório, em linha com o obtido no poço POL-L, perfurado em 2020, confirma o potencial do reservatório Eoceno”, sublinhou a PetroRio. “O volume recuperável estimado deste poço, em cerca de 4 milhões de barris, deverá ser reclassificado de Proved Undeveloped Reserves para Proved Developed Producing Reserves”.

O aumento de produção eleva a produção total do Campo de Polvo de volta a um patamar próximo a 12.000 barris por dia. O poço teve investimento de aproximadamente US$ 11 milhões, e tem um payback estimado de menos de 3 meses.

Iguatemi (IGTA3) aumenta capital

A Iguatemi (IGTA3) aprovou aumento do capital social da empresa, no valor de cerca de RS$ 44,344 milhões, mediante a capitalização da reserva de lucros, sem emitir novas ações.

Assim, o capital social vai de aproximadamente R$ 1,261 bilhão para R$ 1,306 bilhão.

Espaçolaser (ESPA3) anuncia aquisição de franqueados

A Espaçolaser (ESPA3) adquiriu, através de sua subsidiária Corpóreos Serviços Terapêuticos, participação total do capital social de dois grupos de franqueados responsáveis pela operação de vinte e uma lojas da marca Espaçolaser nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Norte e Paraíba.

Os dois grupos em questão são o Grupo Murilo e o Grupo Mario.

O valor da transação ficou em R$ 81,2 milhões, exercendo a opção de compra de preferência acertado em janeiro deste ano.

Mitre (MTRE3) antecipa pagamento de dividendos e JCP

A Mitre (MTRE3) decidiu antecipar o pagamento dos valores aprovados para distribuição aos acionistas na Assembleia Geral Ordinária realizada em 30 de abril de 2021.

Os dividendos serão pagos em uma única parcela em 14 de maio de 2021, conforma base acionária após o fechamento do pregão em 5 de maio.

Como Destinação Lucro Líquido 2020, o valor total é de R$ 45,894 milhões, com R$ 0,43388870811 por ação. Como Reserva Estatutária de Lucros, R$ R$ 1,395 milhão, sendo R$ 0,01318839399 por ação.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3