Petrobras (PETR4) anuncia compartilhamento de infraestrutura de gás natural

Redação EuQueroInvestir
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução / Agência Petrobras

A Petrobras (PETR3 PETR4) anunciou que assinará contratos de compartilhamento das infraestruturas de escoamento e processamento de gás natural, em conjunto com Petrogal Brasil, Repsol Sinopec Brasil e Shell Brasil, sócios nos gasodutos offshore do pré-sal da Bacia de Santos. De acordo com a estatal, o ato será um marco na construção de um mercado de gás natural mais competitivo.

O anúncio será feito nesta quarta-feira (30) em um evento virtual com a presença do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, e dos executivos globais da Royal Dutch Shell, Ben van Beurden, da Galp Energia, Carlos Gomes da Silva, e da Repsol, José Carlos Vicente Bravo,

Segundo comunicado, os contratos preveem a interligação física e compartilhamento das capacidades de escoamento nas rotas 1, 2 e 3 (a última de propriedade da Petrobras e em fase de construção), dando origem ao Sistema Integrado de Escoamento de gás natural (SIE).

Monitore completamente sua Carteira

Outras parcerias de gás natural

No futuro, outras empresas produtoras de gás natural poderão aderir aos contratos, desde que haja capacidade de escoamento disponível no Sistema.

Além do SIE, também estão previstos contratos que constituem o Sistema Integrado de Processamento de gás natural (SIP), que contempla o acesso das empresas às unidades de processamento, de propriedade da Petrobras, localizadas em Caraguatatuba, São Paulo, Cabiúnas e Itaboraí (em construção), ambas no Rio de Janeiro.

Terminal na Bahia

Ontem, a Petrobras comunicou que estava renunciando aos direitos em arrendamento de terminal de regaseificação de GNL (gás natural liquefeito) na Bahia, seguindo acordo firmado com Cade.

A renúncia se refere à totalidade das capacidades de entrada dos Pontos de Recebimento de São Sebastião do Passé (BA) e de São Francisco do Conde (BA), durante o período do arrendamento do Terminal de Regaseificação de GNL na Bahia (TR-BA), e instalações associadas.