Petrobras (PETR4): Aneel aprova revogação da outorga de usina na Bahia

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)
1

Crédito: Flickr

A Petrobras (PETR4) informou nesta terça (16) que a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou a revogação da outorga da Usina TermoCamaçari, que fica no estado da Bahia.

Segundo comunicado da companhia, a Petrobras está em negociação com a Proquigel Química, empresa integrante do Grupo Unigel, para o arrendamento da unidade.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Petrobras aprova R$ 10 milhões em remuneração aos acionistas

A estatal informa que já vinha buscando alternativas para a termelétrica, como a venda de participação da unidade na aliança estratégica firmada com a Total em dezembro de 2016 — que não foi concluída.

Petrobras: arrendamento

A Petrobras lembra, em nota, que também havia realizado esforços na busca de contratos de comercialização de energia.

Petrobras: lucro cresce 6,3 vezes no 4TRI, para R$ 59,8 bi

Desde janeiro de 2018 a unidade não possui contrato fixo de comercialização de energia elétrica.

“O arrendamento está alinhado à estratégia da Petrobras no segmento de gás e energia, com foco na atuação de forma competitiva na comercialização do gás próprio e na otimização do portfólio termoelétrico para autoconsumo”, afirma a petroleira em nota ao mercado.

“Dessa forma, a operação busca a maximização de valor para os seus acionistas”, acrescenta a emresa.

Sobre a UTE TermoCamaçari

A UTE TermoCamaçari é uma usina termelétrica movida a gás natural situada em Camaçari, na Bahia.

Petrobras comunica início da fase vinculante na venda do Polo Carmópolis

Tem capacidade instalada de 120 MW. Até antes da revogação da outorga, diz a Petrobras, a unidade operava sob demanda, com base nas decisões do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Sobre a Proquigel

A Proquigel é subsidiária da Unigel, cujas principais linhas de produtos são acrilonitrila, metacrilato, produtos para mineração e fertilizantes, sendo a maior produtora nacional de sulfato de amônia.

Em 2019, a empresa arrendou da Petrobras as fábricas de fertilizantes nitrogenados da Bahia (Fafen-BA) e de Sergipe (Fafen-SE).

BR Distribuidora (BBDT3): novo presidente

A BR Distribuidora BRDT3) informou que o novo presidente da companhia, Wilson Ferreira Junior, tomou posse nesta terça.

Segundo a BR, Wilson Ferreira Junior possui 40 anos de experiência no setor de energia.

“Entre os diversos cargos de liderança que ocupou, foi presidente da CPFL Energia (CPFE3) entre 2002 e
2016. Desde então, ele presidiu a Eletrobras (ELET6)”, diz a companhia.

Sabesp (SBSP3): proibição de cortes de fornecimento

A Sabesp (SBSP3) anunciou nesta terça (16) a prorrogação, de 31 de março para 30 de abril, a proibição de cortes de fornecimento para clientes comerciais.

De acordo com a empresa, foi decidido que:

  • Haverá a suspensão de cortes e renegociar débitos de clientes comerciais e de serviços dos municípios operados que estejam nas fases laranja e vermelha do Plano São Paulo/Covid-19;
  • o período de vigência será até o final de abril de 2021;
  • os débitos existentes, incluindo os acordos firmados durante o período da pandemia, serão renegociados sem aplicação de multa e juros, apenas correção monetária conforme política e procedimento da Companhia;
  • O prazo para parcelamento será de 12 meses, a partir da repactuação dos saldos em aberto;
  • Não haverá nenhuma ação de negativação por débitos até o final de abril/2021;
  • Os estabelecimentos que eventualmente tenham sido negativados durante a pandemia terão os efeitos suspensos imediatamente após a repactuação dos débitos com a Sabesp.

 

 

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo