Petrobras (PETR3; PETR4) reajusta gasolina e GLP a partir de sábado

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil

A Petrobras (PETR3; PETR4) informou que reajustou os preços da gasolina e do gás liquefeito do petróleo (GLP) para as distribuidoras. A gasolina ficou sem alteração por 58 dias. Já o GLP, estava sem aumentos há 95 dias.

A partir de sábado, (09), o preço médio de venda do GLP da Petrobras, para as distribuidoras, passará de R$ 3,60 para R$ 3,86 por kg. Isto é equivalente a R$ 50,15 por 13kg, refletindo reajuste médio de R$ 0,26 por kg.

Para a gasolina A, o preço médio de venda da Petrobras, para as distribuidoras, passará de R$ 2,78 para R$ 2,98 por litro. Reflete um reajuste médio de R$ 0,20 por litro.

Considerando a mistura obrigatória de 27% de etanol anidro e 73% de gasolina A para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço da gasolina na bomba passará a ser de R$ 2,18 por litro em média. Uma variação de R$ 0,15 por litro.

De acordo com a companhia, a ideia foi de evitar o repasse imediato da volatilidade externa. Segundo empresa, essas alterações ocorrem devidos a questões conjunturais.

Petrobras (PETR3; PETR4): reajustes garantem abastecimento de mercado

A petroleira informou que os ajustes são importantes para garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento.

Essa segurança atende desde distribuidores, importadores e outros produtores, além da própria Petrobras. E refletem parte da elevação nos patamares internacionais de preços de petróleo.

A commodity tem sido impactada pela oferta limitada frente ao crescimento da demanda mundial. Além da taxa de câmbio, dado o fortalecimento do dólar em âmbito global.