Petrobras (PETR3 PETR4) avança na venda de Gaspetro e NTS

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor

Crédito: Divulgação / Gaspetro

A Petrobras (PETR3 PETR4) informou nesta sexta-feira (15) o início da fase não-vinculante da venda da totalidade de sua participação de 51% na Gaspetro.

Os potenciais compradores receberam memorando com informações detalhadas e instruções sobre o processo. A Petrobras iniciou ainda em fevereiro o processo de venda de sua participação na Gaspetro.

“As principais etapas subsequentes do projeto serão informadas oportunamente ao mercado”, avisa a estatal brasileira em nota oficial.

“A presente divulgação está de acordo com as diretrizes para desinvestimentos da Petrobras e com o regime especial de desinvestimento de ativos pelas sociedades de economia mista federais”, continua. “Essa operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhora de alocação do capital da companhia, visando a maximização de valor para os seus acionistas”.

A Gaspetro

A Gaspetro é uma holding com participação societária em diversas companhias distribuidoras de gás natural, localizadas em todas as regiões do Brasil.

Em 2019, o volume total de gás distribuído foi de 29 milhões metros cúbicos por dia. Sua rede de distribuição tem mais de 10 mil quilômetros de gasodutos.

A Petrobras, hoje, tem 51% das ações. A Mitsui Gás e Energia do Brasil detém os 49% restantes das ações.

Venda de participação na NTS

A Petrobras anunciou também, nesta sexta (30), o início do processo de venda de sua participação remanescente de 10% na Nova Transportadora do Sudeste S.A. (NTS).

A NTS é uma companhia que atua no setor de transporte de gás natural. Detém atualmente autorizações de longo prazo para operar e administrar um sistema de gasodutos de cerca de 2 mil km, com capacidade para transportar 158,2 MMm³/d de gás natural.

Os gasodutos da NTS ficam nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo – e são responsáveis por 50% do consumo de gás natural no Brasil.

Informa a Petrobras: “Eles se conectam ao gasoduto Brasil-Bolívia, à rede de transporte da TAG, ao terminal de regaseificação de GNL da Baía de Guanabara e às plantas de processamento de gás natural produzido na Bacia de Campos e no pré-sal.”

Os outros sócios da NTS são o Nova Infraestrutura Fundo de Investimentos em Participações, fundo de investimentos gerido pela Brookfield Brasil Asset Management Investimentos Ltda, com 82,35% de participação acionária e a Itaúsa com 7,65% de participação acionária.

LEIA MAIS
Petrobras (PETR3): plano de investimentos continua intacto

Petrobras (PETR3 PETR4) tem prejuízo de R$ 48,5 bi no 1TRI20