Petrobras (PETR3 PETR4) inicia venda de fatia de 10% na TAG

Rodrigo Petry
Editor-chefe, com 18 anos de atuação em veículos, como Estadão/Broadcast, InfoMoney, Capital Aberto e DCI; e na área de comunicação corporativa, consultoria e setor público; e-mail: rodrigo.petry@euqueroinvestir.com.
1

Crédito: Reprodução/Agência Brasil/Fernando Frazão

A Petrobras (PETR3 PETR4) informou, em comunicado ao mercado, o início da fase não vinculante de venda de sua participação remanescente, de 10%, na Transportadora Associada de Gás (TAG).

Atuante no setor de transporte de gás natural, a Petrobras vendeu 90% de sua participação em junho de 2019 ao grupo formado por Engie e pelo fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec, por R$ 33,5 bilhões.

Em entrevista no final do ano passado, publicada pelo Estadão, o presidente da Engie Brasil (EGIE3), Maurício Bahr, manifestou interesse de exercer o seu direito de preferência da maior parte da participação de 10% da estatal que será vendida.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

Segundo Bahr, a Engie tem direito a exercer entre 65% e 70% dos 10% que serão vendidos pela estatal brasileira.

A TAG conta atualmente autorizações de longo prazo para operar e administrar um sistema de gasodutos de cerca de 4,5 mil km de extensão, localizados principalmente nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, com capacidade instalada de 75 MMm3/d.

Uruguai

A Petrobras avançou ainda no processo de venda de sua subsidiária no Uruguai, informando, em comunicado, que “a fase não vinculante do projeto está em curso, porém, conforme publicado no teaser, com expectativa de início da fase vinculante nas próximas semanas.”

Faça você mesmo o rebalanceamento de sua carteira de investimentos

No Uruguai, a Petrobras atua, por meio da PUDSA, no mercado de distribuição de combustíveis e lubrificantes, com um portfólio de ativos que inclui uma rede de 90 estações de serviços, 16 lojas de conveniência, um terminal logístico de lubrificantes, além de uma planta de QAV, sendo a segunda maior distribuidora de combustíveis do país.

Também atua na distribuição de fertilizantes líquidos, por meio de dois terminais logísticos de armazenamento, sendo a maior comercializadora do país. Em termos de logística, ainda conta com vários pontos de entrega localizados nos principais portos públicos do país.