Petrobras (PETR3 PETR4) despenca 20% após interferência de Bolsonaro

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

As ações da Petrobras (PETR3 PETR4) fecharam em queda de 20,48%, para R$ 21,55, e 21,51%, a R$ 21,45, respectivamente. Na última sexta-feira (19), o presidente Jair Bolsonaro anunciou a demissão do presidente da estatal, Roberto Castello Branco, e nomeou para o cargo o general Joaquim Silva e Luna, que estava na direção de Itaipu.

As ações apontavam perdas de mais de R$ 100 bilhões no valor de mercado em dois pregões.

Segundo o Valor Econômico, a companhia valia R$ 383 bilhões no fechamento de quinta-feira, antes de a crise estourar. Passou a ser negociada a R$ 283 bilhões. Isso representa uma queda de 25% em seu valor de mercado, especifica o jornal.

Abra agora sua conta na EQI Investimentos e tenha acesso a opções de investimentos de acordo com seu perfil. Invista em suas Escolhas

Bolsonaro ainda prometeu mais mudanças para a semana, tendo como novo foco o setor de energia elétrica. “Mudança comigo não é de bagrinho, é de tubarão”, afirmou a apoiadores. No sábado, afirmou que vai “meter o dedo na energia elétrica, que é outro problema também”.

A Petrobras Distribuidora (BRDT3) também foi mal, com tombo de 7,22%.

Bancos atingidos

Os bancos também foram muito atingidos, lembra o BDM Online.

Banco do Brasil ON (BBAS3) puxou a fila, com perda de 11,65%, reagindo aos rumores de que seu presidente também será demitido – terceira maior queda do índice teórico.

O escorregão arrastou outros papéis do setor, que temem pelo abandono da agenda liberal do governo. Bradesco ON (BBDC3) e BBDC4 fecharam em queda de 5,70% e 6,56%, respectivamente.

A unit do Pactual (BPAC11) recuou 2,81%, Itaú Unibanco PN (ITUB4) -7,28% e Santander Unit (SANB11) -4,01%.

Em siderurgia/mineração, Vale ON (VALE3) tentou resistir, com a alta do preço do minério de ferro, mas fechou em queda de 2,48%, a R$ 95,35.

Já Usiminas PNA (USIM5) subiu 0,13%, Gerdau PN (GGBR4) -0,48%, Gerdau Metalúrgica PN (GOAU4) -0,71% e CSN ON (CSNA3) ganhou 1,47%, cotada a R$ 35,78, também porque o Credit Suisse elevou preço-alvo da companhia de R$ 51,10 para R$ 53 e reiterou avaliação outperform.

Lojas Americanas (LAME4) tem a maior alta do Ibovespa e Petrobras (PETR4), a baixa