PETR4, BRSR6, NEOE3 e SAPR11 entram na carteira da Ativa

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Reprodução/Pexels

A Ativa Investimentos mudou quatro papéis de sua carteira Valor para o mês de junho de 2020. Entram Petrobras (PETR4), Banrisul (BRSR6), NeoEnergia (NEOE3) e Sanepar (SAPR11) e saem Movida (MOVI3), Energias do Brasil (ENBR3), Renner (LREN3) e Itaú Unibanco (ITUB4). A única que se manteve foi a JBS (JBSS3).

“Optamos por manter a posição apenas em JBS (JBSS3), alterando o resto do portfólio por completo. Entretanto, ainda continuamos focando a carteira em posições mais estratégias e que possuam catalisadores mais específicos e pontuais para o mês de junho”, explica a Ativa em seu relatório mensal.

O JBSS3 “sofreu no mês (de maio) principalmente por conta do resultado da sua subsidiária de proteína bovina nos EUA, que apresentou perda de margem YoY, na contramão das expectativas do mercado, que eram sustentadas por um crescimento nos spreads do setor desde o final de 2019″.

Participe do maior evento de investimentos da América Latina

Mas “está passando por um processo de desalavancagem, desfazendo-se de ativos e reduzindo seu endividamento líquido. A geração de caixa da companhia, em relação aos seus pares, juntamente com outros múltiplos do setor (price to sales e price to book ratio), direcionam a nossa visão para compra”, justifica.

PETR4 e outras mudanças

Os analistas da Ativa explicam que “a opção por Petrobras (PETR4) foi pautada no avanço do preço médio do barril de petróleo
nos mercados internacionais, o que, aliado ao avanço das medidas de flexibilização do isolamento, poderão trazer o preço do papel para patamares acima do atual”.

Com relação às outras mudanças, a Ativa optou pela NeoEnergia (NEOE3) “por conta de um management qualitativo”, além de acreditar “que há um desconto em seu valuation com relação à mediana de alguns indicadores do setor”.

“Os principais fatores que nos levaram a optar por Sanepar (SAPR11) foram: o desconto extenso do papel com relação aos seus pares e o setor de saneamento ser um dos principais na lista de alvos das reformas de privatização do governo”, diz o relatório.

Não apresentou justificativa para a inclusão do Banrisul (BRSR6).

Comparando com o Ibovespa

A Carteira Valor da Ativa Investimentos, segundo a próprio empresa, é “balanceada a partir de ativos com perfil mais defensivo e outros mais arrojados”.

No mês de maio, a Valor não performou muito bem, ficando bem abaixo da boa expansão do Ibovespa. Enquanto o índice de referência bateu nos 8,56% no mês, a carteira fez apenas 0,45% de alta.

A única baixa foi provocada justamente pela JBS (JBSS3), que se mantém na carteira em junho, com menos 8,05%. Os demais papéis ficaram no positivo, mas não acompanharam a expansão.

No ano, a carteira da Ativa também perde do Ibovespa. O índice fez uma baixa de 24,41%, enquanto que a carteira Valor perdeu mais, 39,06%.