GPA (PCAR3) e Randon (RAPT4) entram na carteira da semana da Mirae

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Reprodução/GPA

A Mirae Asset divulgou sua carteira de recomendações para a semana e fez duas alterações. Incluiu GPA (PCAR3) e Randon (RAPT4) para as saídas de Braskem (BRKM5) e Ultrapar (UGPA3).

As outras oito ações continuam: Banco Inter (BIDI11), JBS (JBSS3), MRV (MRVE3), Petrobras (PETR4), B3 (B3SA3), Rumo (RAIL3), Vale (VALE3) e Via Varejo (VVAR3).

No ano, a carteira tem uma queda acumulada de 12,20%, enquanto o Ibovespa está com 11,50% negativos.

Abra agora sua conta na EQI Investimentos e tenha acesso a soluções customizadas de acordo com seu perfil

Alterações da Mirae

Sobre a entrada do varejista Pão de Açúcar (PCAR3), a Mirae diz que, “na receita, o GPA (Grupo Pão de Açúcar) mostrou crescimento e foi beneficiado pelo evento do Covid-19, mas o resultado operacional e o lucro ajustado ficaram abaixo da expectativa, principalmente no Multivareo e no Grupo Exito”.

“Para o 2T20, esperamos aumento de faturamento e melhora de margens. Somos otimistas para o ano de 2020 com o setor de supermercados”, dizem os analistas.

O Pão de Açúcar fechou o pregão da segunda-feira (27) com alta de 0,53%, chegando a R$ 75,30.

Com relação à Randon (RAPT4), “para o 2S20 e 2021, esperamos melhora de resultado, com receitas crescentes, uma vez que esperamos recuperação da indústria de caminhões, com expectativa de safra agrícola e recuperação a atividade interna no Brasil e também com a renovação das concessões das malhas ferroviárias, esperamos aumento na demanda por vagões”.

O ativo fechou a segunda-feira valendo R$ 11,41, com leve queda de 0,09%.