Outro dia de calmaria? – Morning Call

Filipe Teixeira
Colaborador do Torcedores
1

O fechamento da bolsa de Xangai em alta de 1,34% faz com que os mercados acordem mais tranquilos nesta terça-feira, ainda que o banco central chinês tenha injetado US$ 71,2 bilhões em liquidez para sustentar essa recuperação.

Resta aguardar agora se ao longo do dia, o noticiário em torno do coronavírus não traga notícias mais alarmantes, indicando assim que o surto esteja sob controle, o que traria alívio imediato aos mercados e um respiro para a própria economia chinesa.

Alívio que não é esperado por aqui, na divulgação da atividade industrial brasileira de dezembro, que na mediana, trabalha com uma estimativa de retração em 0,50%, lembrando que o mês de novembro já apontou uma redução de 1,20%.

O indicador chega na véspera da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), que amanhã se reúne para aplicar ou não, mais um corte de 25 pontos base na taxa de juros. Certamente uma nova frustração com o ritmo de nossa atividade econômica, pode contribuir para este novo corte, no momento a aposta majoritária do mercado.

Um reforço extra de última hora nas apostas em um novo corte, se dá também pela queda expressiva nos preços do petróleo, que deve trazer alívio para a inflação, aumentando assim a gordura em relação à meta estipulada pelo governo.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Em nosso call de fechamento de ontem, elencamos as 8 prioridades do executivo, entregue em mãos pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em sessão solene que marcou o retorno das atividades na câmara.

Causou surpresa a não presença da Reforma Tributária nesta lista, o que se verificou em uma outra lista de prioridades: a do Congresso, também divulgada ontem, contendo dez itens, a saber:

Reforma Tributária
Plano Guedes
Reforma Administrativa
Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação)
Prisão em segunda instância
Novo marco legal do saneamento
Não taxação da energia solar
Medias Provisórias
Mudanças na escolha dos ministros do STF
Novo marco legal das PPPs (concessões e parcerias público-privadas)

Chama a atenção a lista longa de prioridades, justamente por se tratar de um ano marcado pelas eleições municipais, o que sabemos, costuma desacelerar o ritmo dos trabalhos em Brasília a partir do segundo semestre.

Um outro ponto importante é a privatização da Eletrobras, uma prioridade para o executivo que não consta na lista do Congresso, sabidamente contrários ao modelo proposto, especialmente pelos Senadores das regiões Norte e Nordeste.