Os bastidores da entrevista de Bolsonaro ao Estadão

O Podcast do Estadão Notícias desta terça-feira, (08), trouxe os bastidores da entrevista com o Presidente Jair Messias Bolsonaro

Fabian Fávero
Formado em Direito pela Universidade do Sul de Santa Catarina e assessor de investimentos na EQI Investimentos
Bolsonaro

Crédito: Isac Nóbrega/PR

Surpreendentemente, o Presidente da República Jair Bolsonaro recebeu no gabinete oficial a jornalista Tânia Monteiro, do jornal Estadão. Trato aqui como “surpreendente” pela grande resistência e embates que o chefe de governo vem travando com a mídia tradicional. Na pauta, foram discutidos temas como a economia, a relação com o congresso e as eleições de 2022. Junto da repórter, estava o fotógrafo Dida Sampaio e a editora executiva Andreza Matias.

A conquista da entrevista

Tânia comentou que o segredo para conseguir a entrevista foi a persistência. Há tempos acompanhando a área militar no Congresso, a repórter comentou que sempre buscou no Presidente – quando este era parlamentar – fontes de notícias e opiniões. Desde o início do governo, Bolsonaro tem concedido entrevistas na entrada e na saída do Palácio do Planalto, indo ou voltando aos compromissos oficiais. Em um dia, por estar sozinha na chegada do presidente, ele conversou com a jornalista e agendou a conversa.

O bate papo com Bolsonaro

Apesar do temor dos jornalistas em não saber como seria a reunião, o Presidente se mostrou descontraído e aberto à perguntas. Acompanhado de uma grande equipe, Messias aproveitou para informar ao General Heleno (Chefe do Gabinete de Segurança Institucional) que havia comprado uma moto.

Brincou que utilizaria uma peruca para não ser reconhecido e que daria um “rolê” pela cidade, frisando que a habilitação estava em dia. A conversa, num primeiro momento programada para durar 30 minutos, acabou durando mais de uma hora. Inclusive, uma Senadora que possuía uma reunião após a entrevista, foi convidada a participar devido o atraso do compromisso.

A relação com o Congresso

Descontraído, fez referência a Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, democratas presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, respectivamente. Brincou com o ciúme entre os parlamentares e, extrovertido, fez referência ao peso deles. Ainda, aproveitou para fazer referência à parceria travada entre eles, principalmente por terem vindo do “baixo clero” da Câmara. Ademais, elogiou o deputado pela articulação em chegar à Presidência da Casa.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

No mesmo sentido, enalteceu Alcolumbre por derrotar Renan Calheiros, grande mandatário do Senado Federal. Além disso, comentou que constantemente relembra aos legisladores que esta é a oportunidade de deixarem sua marca na história. Referente às tramitações de projetos, enalteceu o comprometimento de Maia em colocar em votação o projeto do porte de arma e da alteração no CTB, Códio de Trânsito Brasileiro. Destacou que no momento em que se altera a validade da Carteira Nacional de Trânsito de 5 para 10 anos todo mundo ganha.

“Não tem plano B”

No que se diz respeito à economia, o presidente reconheceu que ainda não está no patamar ideal, porém ressaltou que não há alternativa. Quando questionado em assuntos mais profundos do tema, Bolsonaro relembrava que o assunto cabia ao liberal Ministro Paulo Guedes.

Entretanto, em relação às reformas informou que o Congresso e a população já entenderam a necessidade da aprovação. O Presidente comentou que constantemente discute economia com Guedes, tendo em vista que ele transmite os anseios da população que ele extrai das redes sociais e ruas. Neste sentido, ressaltou que o Ministro possui autonomia, mas está atento às demandas do povo.

A vida pessoal

Bolsonaro comentou com a jornalista que caso não possuísse seu preparo físico, não aguentaria. Quanto a reunião das Nações Unidas, relembrou os intensos treinamentos. Pela proximidade a uma de suas cirurgias, acabou sendo extremamente cansativo segundo ele.

Também fez questão de frisar que caso fosse sedentário dificilmente teria aguentado tudo o que aconteceu. Mudando o assunto, mostrou um retrato emoldurado com a primeira dama exposto na parede do gabinete. Aproveitou para desafiar o General Heleno à expor, também em sua sala, um retrato de seu casamento. Em rebate, o General brincou que para Bolsonaro era mais fácil por estar na terceira esposa.

As eleições de 2022

“A tendencia natural do ser humano é o poder, alguns têm obsessão. Então, têm grupos aqui que se preparam já para 22, e ficam torcendo para o pior. Só que o pior tem um limite”. Quando questionado sobre Dória, afirmou que quem já está pensando em 2022 está colocando a política a frente do trabalho.

Apesar do clima amistoso, a jornalista comentou que em momento algum foi parcial no cumprimento de seu dever. Entretanto, lembrou que não há necessidade de agressividade, da mesma forma que vêm fazendo outros meios de comunicação. A entrevista está disponível para assinantes aqui e o podcast, no Spotify, aqui!

Quando e onde investir

O primeiro passo sempre será conhecer seus limites, sua tolerância a risco. Não entender seus próprios limites pode levá-lo a tomar as piores decisões com seus investimentos.

Por este motivo, sugerimos que todo investidor - experiente ou iniciante - conheça seu perfil. Se busca obter ganhos mais altos aceitando certa volatilidade ou se prefere maior segurança com retornos garantidos.

Entender mais profundamente o seu perfil como investidor e seus objetivos quanto a prazos de investimentos é uma tarefa um pouco mais sofisticada que um teste feito em qualquer ferramenta na internet, exige uma análise mais criteriosa e dedicada para cada pessoa.

os perfis de investidores

Para ter uma visão precisa do perfil é preciso considerar histórico como investidor, fatores pessoais e até profissionais que um teste da internet não considera.

Esta é a função do Assessor de Investimentos

Entender o investidor em uma profundidade maior que um teste de perfil na internet. É a nossa função como uma empresa especializada em educação financeira.

O primeiro passo é fazer uma conversa de 5 a 10 minutos com um membro da nossa equipe para levantar as primeiras informações e então agendar a conversa com um Assessor de Investimentos. É ele quem vai se aprofundar no seu histórico como investidor, seu momento de vida, seus planos futuros e então te indicar para produtos recomendados para seu perfil de investidor.

Confirme seus dados no formulário abaixo e nossa equipe vai entrar em contato com você para fazer a avaliação de seu perfil e avaliar o alinhamento com seus atuais investimentos.