Oncoclínicas (ONCO3) estreia em queda na B3 (B3SA3)

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

Crédito: Divulgação

A rede de oncologia clínica Oncoclínicas (ONCO3) estreou na B3 (B3SA3) na sessão desta terça-feira (10). Às 12h20, os papéis da companhia caíam 2,27%, a R$ 19,30.

A companhia precificou sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) a R$ 19,75 por papel. A operação, portanto, movimentou aproximadamente R$ 2,67 bilhões, de acordo com o prospecto definitivo da operação.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Além disso, o preço estabelecido para a ação da rede de clínicas de tratamento contra o câncer ficou abaixo da faixa estimada de preço para o IPO, entre R$ 22,21 e R$ 30,29.

Conforme a empresa, os recursos serão para investir em: expansão inorgânica (aquisições futuras), expansão inorgânica (aquisições em andamento), expansão orgânica (projetos de investimento) e capital de giro.

Os fundos de investimento Josephina, do Goldman Sachs, que possuem mais de 90% da Oncoclínicas, vão vender uma fatia no negócio na oferta secundária.

Coordenam a oferta Goldman Sachs, Itaú BBA, Citi, UBS-BB, Santander (SANB11) e JPMorgan.

Sobre a Oncoclínicas (ONCO3)

A empresa iniciou suas atividades em 2010, com uma unidade em Belo Horizonte, o Oncocentro Oncologia Clínica e Medicina Interna de Minas Gerais S.A.

Desde então, passou por um processo de expansão com o propósito de se tornar referência em tratamentos oncológicos em todas as regiões em que atua.

O Conselho de Administração é presidido pelo fundador e médico, Dr. Bruno Ferrari.

A Oncoclínicas afirma ser o maior prestador no mercado de oncologia clínica privada do Brasil em termos de receita, contando com 69 unidades, incluindo clínicas, laboratórios de genômica, anatomia patológica e centros integrados de tratamento de câncer, estrategicamente localizadas em 20 cidades no Brasil.

A empresa tem, ainda, uma operação nos Estados Unidos, onde estão concentradas as atividades de bioinformática.

A Oncoclínicas busca liderar a transformação do tratamento oncológico no Brasil por meio do foco na visão holística do paciente. Assim, busca garantir a melhor experiência de tratamento individualizado e multidisciplinar em uma cadeia oncológica integrada. Ou seja, desde a prevenção, passando pelo diagnóstico e tratamentos específicos, até os cuidados continuados.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3