Sobre Oi (OIBR4), TIMP3 diz que compra “não se trata de vida ou morte”

Rodrigo Petry
Editor-chefe, com 20 anos de atuação em veículos, como Agência Estado Broadcast, InfoMoney, Capital Aberto e DCI; e na área de comunicação corporativa, consultoria e setor público; e-mail: rodrigo.petry@euqueroinvestir.com.
1

Crédito: Fonte: site Telesintese

O presidente da TIM (TIMP3), Pietro Labriola, disse nesta quinta-feira (30) que, apesar do valor potencial que a compra da Oi (OIBR3 OIBR4) trará, a oferta “não se trata de vida ou morte”.

“Seria muito bom, pela maior capacidade de banda, infraestrutura e escala, mas temos todas as condições de prosperar (mesmo sem a Oi)”, afirmou durante abertura de teleconferência com analistas.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

De acordo com o executivo, a consolidação é uma oportunidade, mas que a TIM vem “administrando bem os seus espectros” e trazendo “boas experiências de 4G”.

Oi proposta conjunta com TIMP3

A Oi confirmou ter recebido uma nova proposta conjunta da Tim, Claro e Telefônica para compra da operação móvel da empresa. As três operadoras tinham divulgado a decisão na noite de ontem.

O consórcio Telefônica/Claro/Tim elevou o lance anterior e ofereceu R$ 16,5 bilhões pelos ativos móveis da operadora.

O movimento impulsiona as ações das empresas na bolsa hoje. Os papéis da Oi estão em alta de 9,04% (OIBR3) e 18,23% (IOBR4), enquanto Tim (TIMP4) sobe 3,36% e Telefonica Vivo (VIVT4), +1,94%.

No documento, a Oi diz que oferta tem “condições financeiras mais vantajosas do que as propostas anteriores”, mas estará sujeita a condições normais em processos desta natureza.

TIM (TIMP3), Vivo (VIVT4) e Claro já haviam formado um grupo e ofereceram proposta conjunta, e primária, à Oi.

No entanto, a  americana Highline, empresa de infraestrutura de comunicações controlada pela gestora americana Digital Colony, fez outra proposta pela operação móvel da Oi (OIBR3).

O valor não foi divulgado. A proposta era de exclusividade com a Oi.

TIM balanço

Nesta quarta-feira (30) à noite, a empresa apresentou um lucro líquido normalizado de R$ 260 milhões, um desempenho 23,9% inferior ao mesmo período de 2019.

De acordo com a TIM, o desempenho foi afetado negativamente pela queda da receita em função da pandemia.

Veja aqui os benefícios de se ter um assessor de investimentos

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.