OI (OIBR3) lança Plano de Incentivo a Saída para reduzir 2 mil postos de trabalho

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Divulgação/Oi

A Oi (OIBR3 OIBR4) lançou nesta sexta-feira (9) o Plano de Incentivo a Saída, com o objetivo reduzir cerca de 2 mil postos de trabalho, o que pode representar até 15% do seu quadro funcional.

“Os colaboradores que aderirem ao Plano de Incentivo a Saída terão direito a condições diferenciadas que incluem parcela de natureza indenizatória em função do tempo de empresa e extensão de benefícios como plano de saúde, plano odontológico e seguro de vida, entre outras concessões”, diz a empresa em nota dirigida ao mercado.

A Oi está processo de recuperação judicial.

BDRs| Aprenda mais sobre essa classe de Ativos

O Plano é decorrente da evolução do modelo de negócio promovida pela implementação do plano estratégico de transformação da Oi.

É uma “necessidade natural de readequação de estruturas organizacionais”, diz.

Plano estratégico da Oi

O plano estratégico de transformação das Oi tem foco na massificação da fibra ótica no Brasil.

A empresa diz que é um “componente fundamental de todos os serviços de telecomunicações fixos e móveis, visando à transformação da companhia na maior provedora da infraestrutura de telecomunicações do país”.

A implementação do plano estratégico pressupõe, entre outras iniciativas, uma transformação no perfil de gestão e operacional da Oi.

As mudanças visam a sustentabilidade do negócio.

Além disso, visa “acelerar o desenvolvimento e investimentos na sua infraestrutura de fibra, refletindo as atuais demandas da sociedade por conexão, comunicação, informação e serviços digitais”.

Quadro operacional

A Oi lembra que vem mantendo desde 2016 seu quadro funcional praticamente inalterado.

“Os atuais ajustes na organização, decorrentes de diversas ações de simplificação e eficiência das operações, buscam a uma empresa mais leve e com mais flexibilidade para seguir atendendo, cada vez melhor, às atuais demandas por conexão, comunicação, informação e serviços digitais pela sociedade”, diz o comunicado.

“A Oi segue com o foco em suas operações e sua transformação”, diz, e o plano de demissão voluntário é a mais nova etapa.