Oi (OIBR3) informa conclusão de integralização de debêntures; TOTVS (TOTS3) e São Martinho (SMTO3) pagam proventos

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

A Oi (OIBR3) informou nesta sexta-feira (30) a conclusão da subscrição e integralização das notes units, compreendidas por sênior notes emitidas pela sua controlada Oi Móvel no valor total de US$ 880 milhões e juros remuneratórios semestrais de 8.750% ao ano.

A empresa informou ainda a quitação integral das debêntures da 1ª emissão da Oi Móvel, com vencimento em janeiro de 2022 e valor principal de R$ 2,5 bilhões (incluindo juros e encargos).

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

A operação constitui mais uma etapa do processo de reestruturação da Oi e suas subsidiárias em recuperação judicial, em linha com o Plano de Recuperação Judicial aditado e o Plano Estratégico de Transformação, tendo como objetivo a otimização das operações e incremento dos resultados das recuperandas e demais subsidiárias diretas e indiretas da Oi.

TOTVS (TOTS3) aprova distribuição de JCP

A TOTVS (TOTS3) comunicou que aprovou o pagamento de juros sobre capital próprio (JCP), no montante total de R$ 51.192.745,92, correspondente a R$ 0,09 por ação da companhia.

Terão direito ao JCP os acionistas que tiverem posição até 4 de agosto.

Os proventos serão pagos aos acionistas em 22 de outubro de 2021.

São Martinho (SMTO3) anuncia distribuição de dividendos

A São Martinho (SMTO3) comunicou o pagamento de R$ 299.999.061,48, equivalentes a R$ 0,86611044191 por ação, na forma de dividendos, conforme aprovado em sua Assembleia Geral Extraordinária e Ordinária realizada em 30 de julho de 2021.

Os dividendos terão como base a posição acionária de 30 de julho de 2021 e serão pagos em 17 de agosto de 2021.

As ações da Companhia serão negociadas “ex-dividendos” a partir de 2 de agosto de 2021.

Os dividendos somados ao pagamento de juros sobre capital próprio realizado em 10 dezembro de 2020, no valor líquido de impostos de R$ 103.339.478,45, totalizam o valor pago aos acionistas de R$ 403.338.539,93, equivalentes a R$ 1,16445604641 por ação.

Petz (PETZ3) compra plataforma de produção de conteúdo

A Petz (PETZ3) comunicou seus acionistas e o mercado em geral que, após o cumprimento das obrigações e condições precedentes, foi realizada a conclusão da aquisição de 100% das quotas do Cansei de Ser Gato Serviços de Produção de Conteúdo, uma das maiores plataformas digitais de conteúdo e produtos exclusivos para gatos no Brasil.

Com o encerramento da transação, o CDSG passa a integrar o ecossistema da Petz, maior plataforma Pet do país, e passa a se beneficiar da estratégia Omnichannel da companhia, potencializando a capacidade de criação e inovação das fundadoras, com o suporte necessário para as principais atividades da operação.

Athena Saúde (ATEA3): subsidiária compra hospital da Bahia

A Athena Saúde (ATEA3) informou que sua subsidiária, a Unihosp Serviços de Saúde S.A, celebrou contrato de compra e venda para a aquisição de 93,75% do Hospital das Clínicas de Alagoinhas, na Bahia.

Dr. Mauro Azi, atual acionista do Hospital Alagoinhas, receberá ações da companhia em troca de 6,25% de suas ações do Hospital Alagoinhas.

Após o cumprimento das condições precedentes a que estava sujeita a transação, conforme previstas no contrato, foi concluída a transação, de forma que a Unihosp passou a deter a totalidade das ações de emissão do Hospital Alagoinhas.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3