Oi está confiante na conclusão da venda de operadora angolana; anúncio será “no momento correto”

Cláudia Zucare Boscoli
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Oi

O diretor de operações da Oi, Rodrigo Abreu, disse nesta segunda (2), durante teleconferência com jornalistas, estar confiante na finalização do processo de venda da participação de 25% da tele brasileira na operadora angolana Unitel.

“Não vamos divulgar os detalhes porque é um processo complexo, existem questões de confidencialidade. Mas estamos confiantes e o anúncio será feito no momento correto”, afirmou Abreu.

Segundo Abreu, que irá assumir a presidência da Oi em breve, além da venda da tele angolana, outras fontes de recursos ao caixa da companhia virão das vendas de torres de celular, de data centers e de ativos imobiliários “Já temos interessados e o processo está bastante avançado”, afirmou.

Além da venda de ativos, as demais frentes de negócios para recuperação de longo prazo da empresa serão por meio da intensificação dos negócios com fibra ótica, pós-pagos e negócios B2B – com foco principalmente em pequenas e médias empresas. “Nossa aposta em investir principalmente em fibra para transformar o componente de receita da empresa”, afirma Abreu.

Fibra ótica

“Os resultados que tivemos com fibra ótica em um ano é muito superior do que concorrentes demoraram três anos para alcançar”, reforçou a diretora de Finanças e Relações com os Investidores, Camille Loyo Faria. A meta, diz, é atingir 16 milhões de casas passadas com a tecnologia até 2021. Até setembro deste ano, foram, 3,6 milhões de casas.

“Olhando para as áreas onde nós já implementamos as fibras, o nível de qualidade da fibra da Oi e o nível de qualidade da marca, nos faz acreditar que vamos retomar participação no mercado”, avalia, frisando que Nordeste e Sul são regiões em que a tele deve ampliar sua atuação.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Pós-pago

Para a empresa, o resultado de 36% em market share de adições líquidas de pós-pago no terceiro trimestre de 2019 também é animador. De janeiro a agosto de 2019, a OI adicionou 1,1 milhão de clientes líquidos no pós-pago.

Prejuízo

No terceiro trimestre, a empresa reportou prejuízo líquido de R$ 5,78 bilhões, 330% maior do que o mesmo período do ano passado. Em reação ao balanço, os papéis da tele abriram em forte queda, de R$ 8,70, após saírem do leilão, cotadas a R$ 0,84.

A receita líquida da Oi avançou 8,7%, passando de R$ 5,48 bilhões para R$ 5 bilhões. A receita no mercado brasileiro caiu 8,8%, para R$ 4,95 bilhões. Nas operações internacionais, o recuo foi de 8,5%, para R$ 46 milhões.

A companhia havia adiado a divulgação do balanço, prevista inicialmente para o mês passado, por conta da necessidade de uma auditoria completa nos números e cumprir um acordo prévio acertado com o órgão fiscalizador dos mercados do Estados Unidos.

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.