Análises e PrevisõesChicotadas PsicológicasColunistas

O Santos de Pelé e o Brasil de Michel Temer

O Santos de Pelé e o Brasil de Michel Temer
5 de 1 voto

Se você acompanha minimamente o nosso mais famoso esporte bretão, o futebol, com certeza ouviu muitas histórias a respeito do fantástico Santos de 62 e 63 (bicampeão da copa libertadores e do mundial interclubes), também conhecido como o Santos de Pelé.

Pelé e Coutinho formaram uma das mais brilhantes duplas de ataque da história e o curioso, é que ambos possuíam certa semelhança física.

Reza a lenda que alguns narradores evitavam narrar os raros erros do rei Pelé, creditando-os sempre a Coutinho.
Na prática, quando o lance transcorria bem, era creditado a Pelé, quando ia mal, Coutinho era o responsável.

Enquanto isso em Brasília…

O mesmo expediente parece ser adotado com o cada vez mais impopular governo de Michel Temer. Os muitos acertos de sua gestão invariavelmente são creditados ao competentíssimo ministro da fazenda Henrique Meirelles, mas basta surgir alguma notícia negativa para que o nome de Temer seja “ovacionado”.

Falar do caráter duvidoso de nosso presidente é chover no molhado e tarefa para os órgãos “in”competentes. O mesmo vale para o nosso jogo político do “toma lá, dá cá”, mais antigo que a própria república.

Mas nem só de recordes de impopularidade vive o governo de Michel Temer!

Seja por obra de Pelé ou Coutinho, foi durante o governo Temer que a PEC 95, a famosa PEC dos gastos, foi aprovada. O mesmo vale para a importantíssima reforma trabalhista e a substituição da TJLP pela TLP, que promete acabar com as sucessivas patuscadas (para não dizer coisa pior) no BNDES.

Indicadores Econômicos

No campo dos indicadores, a gestão de Temer trouxe a menor taxa de juros já registrada na história desse país, inflação baixa e controlada (diferentemente da maquiagem feita na gestão anterior), retomada do emprego e crescimento da indústria.

Siga-nos no Facebook e receba as atualizações do Blog:

Precisamos falar do PIB!

Após dois anos de profunda recessão, o PIB voltou a crescer de tal maneira, que a cada boletim FOCUS divulgado pelo BACEN, os economistas têm revisado sua expectativa (sempre para mais). Já se fala em crescimento de 2,7% em 2018, algo inimaginável até bem pouco tempo atrás.

É claro que precisamos falar também, sobre as jogadas de Coutinho deste governo e a pior delas, é o retumbante fracasso no controle do déficit fiscal, os gastos excessivos para manter o presidente imune às denúncias da Procuradoria Geral da República e a recente tentativa de burlar a regra de ouro.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Lembrando também do mais polêmico dos temas: A Reforma da Previdência. Perceba como a discussão é rasa em nosso país. Opositores falam aos borbotões que o déficit previdenciário é “maquiado”, que o governo está roubando os direitos do trabalhador e blá blá blá Whiskas sachê.

Lembro aos amigos que os nossos quase vizinhos, o Chile, fez o seu trabalho de casa ainda nos anos 80!

Uma reforma previdenciária é imperiosa por um simples motivo: O brasileiro está vivendo mais e melhor.

O que devia estar em discussão, e não está, é justamente o texto da reforma. Se ela resolve o problema ou não.

Particularmente, penso que esta reforma está longe de ser a que precisamos.

Não me parece razoável por exemplo, a idade mínima de 65 anos aplicada a todos casos. Lembre-se que somos um país com extensão quase continental e que em algumas regiões, como o sertão nordestino por exemplo, 65 anos é justamente a expectativa de vida do povo que lá vive (muito distante dos 75 anos que é a expectativa média do Brasil).

Este é apenas um exemplo, de um problema que esta reforma não corrige.

Bom, agora eu gostaria de abrir a discussão e conhecer a SUA opinião. O que você pensa sobre a legitimidade deste governo? Que avaliação faz das medidas tomadas até aqui? O que pensa sobre a reforma da previdência?

Lembre-se: Estamos em ano eleitoral e é de suma importância que não repitamos os mesmos erros passados, pois do contrário, esteja certo que eles, lá em Brasília repetirão!

É loucura fazer sempre as mesmas coisas e esperar resultados diferentes!

Receba os artigos da série Chicotadas Psicológicas gratuitamente em seu e-mail.


Tags

Filipe Teixeira

Filipe Teixeira é redator do Portal EuQueroInvestir. Gremista, filho dos anos 80, apaixonado por filmes, música, política e economia.

É também Coordenador da área de Marketing do EuQueroInvestir.com e do EuQueroInvestir A.A.I assessores de investimentos.

Me envie um e-mail: filipe.teixeira@euqueroinvestir.com
Ou então uma mensagem por WhatsApp: (51) 98128-5585
Instagram: filipe_st

Artigos Relacionados

Veja Também

Close
Close