O que é value investing?

Késia Rodrigues
Colaboradora Independente do Portal EuQueroInvestir e leitora assídua de conteúdos sobre economia e política. Apaixonada por tecnologia, investimentos e viagens.
1

Crédito: Banco de Imagens EnvatoElements/By Rido81.

Conheça a estratégia de investimentos utilizada pelos maiores bilionários da história, como Warren Buffett. Saiba o que é value investing e como ele funciona.

Alguma vez você já ouviu falar em value investing?

Trata-se de uma das mais famosas e eficazes estratégias de investimentos em ações já criadas, tanto que é utilizada por alguns dos maiores investidores da história, como Warren Buffett.

Value investing é uma estratégia bastante utilizada por pessoas que conseguem enxergar o verdadeiro valor de uma empresa e não apenas o preço de suas ações em si.

O sucesso dessa estratégia de investimentos se deve ao simples fato de que ela funciona e que pode trazer resultados significativos para aqueles que desejam verdadeiramente segui-la.

Por isso, continue a leitura se você quer saber mais sobre o que é value investing e suas aplicações no mercado de ações.

O que é value investing?

O que é value investing?

Antes de falarmos mais sobre essa estratégia, o primeiro passo é compreender o seu funcionamento.

Em tradução livre, value investing significa “investimento em valor” e consiste em escolher ações de empresas que estejam sendo negociadas no mercado a um valor abaixo do seu valor intrínseco, isto é, abaixo do seu verdadeiro valor de mercado.

Vale lembrar que o valor intrínseco é o valor real de alguma coisa, independentemente do seu preço atual.

Por exemplo: se um guarda-chuva custa R$ 10,00, o preço desse produto pode variar caso comece a chover ou a previsão do tempo mostre que não haverá chuva nas próximas semanas.

Em suma, o valor intrínseco é o valor percebido ou calculado de um determinado investimento, ativo ou empresa.

O seu cálculo depende de algumas análises até se chegar a um valor estimado desse ativo ou, nesse caso, das ações.

Quem investe frequentemente na Bolsa de Valores já percebeu que as ações passam por momentos de oscilação diariamente.

Há certos momentos em que a euforia dos investidores pode fazer com que o preço das ações de uma empresa suba além do seu valor intrínseco.

Ao mesmo passo, é possível que problemas no mercado venham a afetar uma determinada empresa e acabem derrubando o preço de suas ações.

Esse, inclusive, é o melhor momento para a compra, segundo os preceitos do value investing.

O “pai” dessa estratégia é o famoso investidor Benjamin Graham, que explica os detalhes do value investing em seu livro: “O Investidor Inteligente”, que é quase uma leitura obrigatória para quem quer investir.

Muitos dos investidores de maior renome da história foram discípulos de Graham, dentre os quais podemos destacar o próprio Warren Buffett, além de David Dodd, Charlie Munger e Seth Klarman, famoso gestor de fundos hedge.

Como funciona o value investing

Há um conceito básico por trás do value investing, que é conhecer o verdadeiro valor de uma empresa antes de comprar ações dela.

Como você já deve ter percebido, as ações na Bolsa de Valores oscilam diariamente, logo, uma análise mais superficial desses valores não nos leva ao verdadeiro valor que cada empresa ali listada possui.

Para te ajudar a entender melhor esse conceito, imagine que você está em uma loja e deseja comprar um novo aparelho de TV.

Na prateleira, à sua frente, há dois aparelhos idênticos, mas um deles está em promoção e o outro não.

Nesse caso, é quase certo que você optará pelo aparelho que está com desconto. Afinal, está pagando menos por algo que tem a mesma qualidade do que o aparelho mais caro.

Da mesma forma, algumas ações podem ter o seu preço reduzido por um determinado período, mesmo que o valor de avaliação da empresa permaneça inalterado.

Quando algumas ações passam por períodos de alta demanda, por exemplo, o seu valor pode subir na Bolsa de Valores, mas isso não muda diretamente o valor da empresa em que se investe.

Por isso, investidores com maior experiência no mercado evitam comprar ou vender suas ações por impulso nesses períodos de grandes altas, pois sabem que o seu preço tende a se estabilizar depois de um tempo.

Assim como acontece no comércio, as ações entram em períodos de “promoção” ao longo dos dias.

Mas, diferentemente do que acontece no mercado, não é possível prever quando as ações de uma empresa estarão sendo vendidas abaixo do seu valor intrínseco.

Quando se entende o que é value investing, o investidor passa a se preocupar menos com essas oscilações e mantém o seu foco no verdadeiro valor da empresa em que se investe.

Para isso, é importante que o investidor realmente acredite no potencial dessa empresa e que tenha paciência para aguardar o melhor momento de comprar ou vender suas ações.

O que é a análise fundamentalista das ações

Não poderíamos falar sobre o que é value investing sem mencionar uma das formas mais indicadas para a análise de investimentos em ações, mais conhecida como “análise fundamentalista”.

Trata-se de um tipo de análise que foca em descobrir a verdadeira saúde financeira e operacional de uma empresa antes de optar pela compra ou venda de ações.

Dessa forma, os investidores em valor (expressão utilizada para identificar quem investe utilizando o value investing) conseguem definir o que seria um “preço justo” para as ações em análise.

Como o mercado é fortemente influenciado pelas forças da oferta e da demanda, esse valor de referência é que será utilizado para a tomada de qualquer decisão.

Esse tipo de análise evita que as pessoas sejam levadas pela emoção na hora de investir e, assim, possam tomar decisões melhores e mais acertadas.

Diferentemente do que acontece com os investidores que se baseiam apenas em uma análise técnica das ações, os investidores em valor não tentam prever o que acontecerá com o preço de suas ações no curto prazo.

Eles simplesmente adquirem ações de ótimas empresas por um valor abaixo do seu valor intrínseco e esperam até que elas atinjam um preço próximo desse valor intrínseco para vendê-las.

Isso pode levar dias, meses, anos e até décadas para acontecer. No entanto, quem aposta na estratégia do value investing não está se preocupando com o tempo, pois a paciência é uma das virtudes necessárias para quem deseja ser um investidor em valor.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Não siga o rebanho

Como você percebeu até aqui, o value investing é uma estratégia de investimentos que preza o valor real das empresas e não o valor atual de suas ações na Bolsa de Valores.

Entendê-la é importante para que você não se influencie pelo chamado “efeito manada”, que é quando muitas pessoas fazem algo simplesmente porque surgiu alguma oportunidade ou alguém disse que é bom ou ruim sem um fundamento.

Os investidores em valor são diferentes, pois não seguem o rebanho.

Na realidade, eles vão na contramão do que a maioria das pessoas fazem, ou seja, quando todos estão comprando, eles vendem, já quando todos estão vendendo, eles compram.

Para quem investe utilizando a estratégia do value investing, o valor que cada empresa possui é mais importante do que o preço efetivo de suas ações no mercado.

Warren Buffet, por exemplo, possui ações da Coca-Cola, não porque essa seja uma empresa bastante valorizada no mercado, mas porque gosta de tomar Coca-Cola e acredita que esse é um produto que as pessoas sempre consumirão.

Os investidores em valor gostam de se sentir como verdadeiros donos das empresas em que investem, por isso, costumam investir nas empresas em que acreditam e não naquelas empresas que estão na moda.

Com o passar do tempo, você perceberá que o value investing é capaz de trazer retornos bem maiores.

E, caso tenha alguma dúvida se isso funciona, dê uma olhadinha na fortuna de Warren Buffett.

Não siga o rebanho

Investir em valor requer diligência e paciência

Agora que você já sabe o que é value investing é importante que você busque estudar mais acerca do assunto antes de começar a aplicá-lo em seus investimentos.

Além disso, também é importante que você desenvolva algumas virtudes que são essenciais para quem adota esse tipo de estratégia, como a diligência e a paciência.

Isso porque, encontrar o valor intrínseco de uma ação é uma tarefa que exige um certo nível de subjetividade, ou seja, na maioria das vezes, é mais uma arte do que uma ciência.

Alguns investidores, por exemplo, podem olhar para uma empresa e ver apenas aquilo que ela já possui na hora de definir o seu valor.

Outros, por sua vez, podem fazer uma análise mais visionária e enxergar um amplo potencial de crescimento para o futuro.

Contudo, em todos os casos, o investidor precisará ter paciência para esperar o melhor momento de comprar ou vender as ações das empresas em que se deseja investir.

Buffet, por exemplo, é um tipo de investidor que sabe esperar o preço das ações cair para abaixo do seu valor intrínseco, que é o melhor momento para quem quer adquirir ações pensando em uma estratégia de value investing.

Além disso, quem pensa em adotar esse tipo de estratégia deve entender que ela é mais voltada para o longo prazo, pois, como visto anteriormente, pode ser que sejam necessários alguns anos até que as ações se recuperem e atinjam um patamar próximo de seu valor intrínseco novamente.

Considerações finais

Ao longo deste artigo você compreendeu, de uma maneira sucinta, o que é value investing e como essa estratégia pode fazer com que você se torne um bilionário algum dia.

Não duvide que isso seja possível, pois a maioria dos grandes investidores que são referência no mercado atualmente não nasceu em um “berço de ouro”, como muitos pensam.

Warren Buffet, por exemplo, vendia refrigerantes, jornais e revistas para conseguir algum dinheiro. Hoje, é o terceiro homem mais rico do planeta, com uma fortuna estimada em mais de US$ 80 bilhões.

Se você não sabe por onde começar, aproveite todo o potencial da internet para aprender mais sobre o assunto.

Hoje nós temos à disposição uma série de conteúdos como artigos, vídeos, cursos e e-books gratuitos, que são ótimos para quem está começando a investir.

Aqui no portal EuQueroInvestir, por exemplo, você encontra uma série de artigos sobre investimentos, além de uma série de vídeos em nosso canal no YouTube e o curso “Jornada do Investidor”, todos gratuitos!

Caso você tenha alguma dúvida sobre investimentos, ainda poderá contar com o serviço gratuito de assessoria de investimentos prestado pela EQI Investimentos, um dos maiores escritórios de investimentos do Brasil.

Quanto mais cedo você começar a investir, mais cedo poderá colher os frutos desse seu compromisso.

Até a próxima e bons investimentos!

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.