O que é o movimento FIRE? Saiba como ser aposentado antes dos 40 anos!

Ronaldo Araújo
Engenheiro e Agente Autônomo de Investimentos, hoje me dedico a divulgar ensinamentos sobre como funciona a Previdência Privada. Acredito que com mais conhecimento é possível fazer melhores escolhas para a formação do patrimônio de longo prazo. Para saber mais acesse www.ronaldoaraujo.com.br
1

Foto: aproveitando-aposentadoria

Um novo conjunto de ideias ganhou força recentemente e agora tem muitos adeptos. Trata-se do movimento FIRE, que prega um estilo de vida mais simples para que o objetivo de independência financeira seja alcançado o mais rápido possível.

A ideia é desfrutar da vida sem ter a obrigação de trabalhar, mantendo uma atividade econômica por opção, enquanto a renda necessária para viver é auferida do patrimônio acumulado nos anos anteriores.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Este artigo aborda melhor do que se trata essa temática. Lendo o texto, você entenderá o conceito com mais exatidão. Saberá quais foram as origens do movimento, além de entender melhor como ele deve ser colocado em prática. Ao final, conhecerá atitudes que podem potencializar o objetivo de se aposentar mais cedo.

Siga em frente e tenha uma ótima leitura!

O que é movimento FIRE?

O movimento FIRE vem do inglês e quer dizer “Financial Independence, Retirement Early”. Traduzindo para o nosso idioma, significa “independência financeira, aposentaria precoce”. Quem é adepto desse movimento tem um direcionamento de vida voltado para conquistar uma condição financeira independente o mais cedo possível.

Para que esse objetivo seja alcançado, diversas mudanças em relação aos hábitos de consumo tradicionais precisam ser remodelados. Ou seja, aderir ao movimento também significa implementar um novo estilo de vida em que o consumismo é desestimulado em detrimento ao acúmulo de capital. Existem até mesmo fórmulas matemáticas para ajudar no período de acumulação e usufruto do patrimônio pretendido.

Assim, as pessoas que optam por executar o FIRE em suas vidas acabam adotando um estilo minimalista em suas vidas. Isso quer dizer que elas passam a viver com aquilo que precisam. Mas isso não significa passar necessidade, apenas quer dizer que as compras supérfluas serão deixadas de lado. O dinheiro que seria gasto com esse tipo de coisa ganha o direcionamento para investimentos que permitirão a aposentadoria precoce.

Qual é a origem desse movimento?

A origem do movimento possui dois momentos distintos. Primeiramente, vale a pena voltar à ideia original na qual o movimento FIRE se embasou.

O ponto de partida foi um livro considerado best seller sobre o tema. Seu autor é Vicki Robin e o título de seu trabalho é “Your Money or Your Life” (Seu Dinheiro ou Sua Vida). Convenhamos que é um título bastante forte e logo de cara pode pôr o leitor em profundo questionamento.

No entanto, foi em um segundo momento que a ideia do FIRE surgiu e a partir daí ganhou bastante força. Isso ocorreu logo no início do século atual, mais precisamente no ano de 2010, com o lançamento do livro intitulado “Early Retirement Extrem”. Seu autor, Jacob Lund Fisker, pregava a combinação do acúmulo de patrimônio ao longo do tempo e uma vida mais simples, justamente para permitir que o montante do capital pudesse se formar.

Juntando esses ingredientes a um novo público recém-formado, a geração millennial, o movimento explodiu. Diversos blogs sobre o tema surgiram na internet e a ideia caiu no gosto dessas pessoas. A combinação da ideia sugerida com os novos hábitos da geração recém-chegada ao mercado de trabalho fez com que o conceito se espalhasse de forma rápida. Hoje já existem diversos casos de pessoas que colocaram a ideia em prática e já colhem os frutos da empreitada.

Como o movimento FIRE deve ser aplicado na prática?

No campo das ideias, existem diferentes pessoas com pensamentos diversos que podem aderir ao movimento. No entanto, algumas premissas básicas são compartilhadas por todos aqueles que comungam da ideia de se aposentar mais cedo. Uma delas é repelir o modo de vida tradicional, baseado em um forte consumismo. Isso pode ser visto em certa medida como um posicionamento anti-establishment, ou seja, adverso ao sistema.

Outra característica muito forte entre os adeptos do movimento FIRE é ter novas prioridades frente ao modo de vida escolhido. Isso significa muitas vezes não colocar os prazeres da juventude em primeiro lugar. Ao invés disso, o foco passa a ser a formação de um patrimônio que permita a independência financeira em uma data bem mais antecipada que os 70 anos, por exemplo.

Já no campo matemático, o movimento FIRE prega que o percentual da renda auferido mensalmente destinado à formação de poupança deve ser bem maior do que os 10% recomendados tradicionalmente. Segundo o método, deve ser economizada entre 50% e 70% da renda mensal. O objetivo é acumular um patrimônio que seja equivalente a 30 vezes a despesa anual. Quando esse objetivo é alcançado, já é possível viver dos rendimentos, sem ter que trabalhar obrigatoriamente.

Quais são as outras estratégias para se aposentar mais cedo quanto possível?

Independente da forma escolhida como plano de aposentadoria, uma coisa é certa: é necessário ter um planejamento financeiro conciso e que reflita a realidade do indivíduo em questão. Isso quer dizer que é necessário estabelecer metas, como a quantia que deve ser acumulada para se aposentar e o valor das contribuições mensais que precisarão ser feitas. A organização deve ser a base fundamental de qualquer plano bem-sucedido.

Sendo assim, é possível elencar ações que podem potencializar os resultados, trazendo para o mais cedo possível a tão sonhada aposentadoria (ou independência financeira).

Uma das atitudes é a geração de renda extra, que pode ser feita por meio de atividades remuneradas no tempo livre disponível. Com o desenvolvimento da internet, existem uma série de trabalhos freelancers que podem ser executados para aumentar o valor dos aportes mensais.

Além disso, também é muito importante não contrair dívidas, pois elas comprometem grande parte do orçamento planejado pela ocorrência dos juros. A ideia é receber juros ao longo do tempo, e não ser um pagador compulsório deles. Somado a isso, vem a necessidade de saber o que está fazendo. Então, a melhor atitude é sempre buscar conhecimento por meio da educação financeira. Quanto mais estudo acumulado, maiores serão as chances de sucesso.

O movimento FIRE é uma ótima opção para quem deseja alcançar uma aposentadoria precoce. Na prática, isso significa ser independente financeiramente e trabalhar apenas como opção, e não como obrigação.

De fato, essa é a vontade de muitas pessoas, mas para alcançar o objetivo é preciso esforço, disciplina e dedicação, além de um bom planejamento financeiro. É necessário adotar um estilo de vida mais minimalista e ao mesmo tempo ser versátil, pois a criação de novas fontes de renda é o grande catalisador desse movimento atualmente tão popular.

  • Quer saber mais sobre educação financeira e investimentos? Faça sua inscrição na Money Week, evento online e gratuito que acontece entre os dias 25 e 29 de outubro, com mais de 50 convidados que vão falar e tirar dúvidas sobre o cenário econômico atual, balanceamento de carteira, renda fixa e diversos outros temas. Clique aqui para se inscrever.