O que é Bitcoin? Manual completo do futuro do seu dinheiro

Primeiramente, gostaria de ressaltar que é um prazer escrever sobre algo que sou apaixonado e que irá mudar a vida das pessoas. Meu nome é Pablo Granier, sou analista e trader na Investidor Moderno e, neste artigo, vou te explicar “por quê Bitcoin”.

Pablo Granier
CEO da Belo Trade. Especialista em Criptomercado, Trading e Arbitragem.

Crédito: Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By ivankmit

Eu sei que você já ouviu sobre Bitcoin. Provavelmente, de um cara que prometeu que você ficaria rico fácil e rápido. Mas deixa eu te contar uma coisa: é claro que é mentira, não existe almoço grátis! De charlatão e golpista todo mercado tem os seus, mas o Bitcoin não é golpe, não é pirâmide, nem bolha. O Bitcoin é muito mais que preço, é valor.

O Bitcoin é liberdade, oportunidade e revolução. O Bitcoin é o futuro do seu dinheiro. E a tecnologia que ele traz vai modificar costumes, leis e a forma como os governos atuam.

Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By Panxunbin

Minha ideia aqui não é te prometer riqueza, e sim, te apresentar uma nova classe de investimentos diferente de tudo que o mundo já viu. Ativos descentralizados que vão mudar não somente o seu dinheiro, mas, o mundo como você o conhece hoje. Ativos que não dependem de governos, bancos ou intermediários.

Eu estou falando de uma inovação do nível da revolução que a internet causou na sua vida.

Mas, antes que eu me empolgue aqui, vou te explicar tudo sobre o Bitcoin e o mercado das criptomoedas. Quem sabe depois de ler este artigo, você dê uma chance para o “Bit”. Pois, acredite: ele veio para ficar e não existe nada que alguém possa fazer para detê-lo.

O que é Bitcoin?

Vamos começar com a definição mais básica possível: como chamar o Bitcoin. Não é a Bitcoin, nem Biticoin é o Bitcoin, ou BTC, sua sigla mais comum.

É dinheiro? Sim, de uma forma que a humanidade nunca viu antes. O Bitcoin não existe fisicamente, é uma moeda virtual, a primeira delas.

Sua tecnologia, a Blockchain, é considerada a maior revolução digital e comportamental desde a criação da internet. É um software colaborativo, onde várias pessoas e instituições contribuíram e continuam contribuindo para o seu sucesso.

Tem como objetivo se tornar uma moeda digital global descentralizada, não dependendo de nenhuma entidade controladora, ou, Banco Central.

Por que é “descentralizado“?

Essa talvez é a principal ideia para começar a entender a inovação que o Bitcoin está trazendo.O sistema descentralizado serve para eliminar o intermediário, ou seja, tira o poder das mãos dos bancos e governos e o passa para as pessoas.

Bitcoin é mais justo, mais seguro, mais rápido e menos burocrático.

Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By ivankmit

Para que serve o Bitcoin? 

Abaixo, cinco grandes utilidades que o Bitcoin oferece:

  • Dinheiro: Pagamentos físicos e on-line, rápidos, baratos e seguros.
  • Reserva de valor: Melhor que o dinheiro. Diferente das moedas fiduciárias (dos países), o BTC é limitado a 21.000.000 de unidades. Isso lhe confere uma característica de escassez semelhante ao ouro.
  • Transferências: Pode ser transferido de pessoa para pessoa, para qualquer lugar do mundo com acesso à internet, com mais rapidez, segurança e baixo custo, se comparado ao modelo dos bancos. É um meio de integração do dinheiro mundial, onde não importam os governos, fronteiras ou bancos.
  • Investimento em BTC: Renda variável. Trading,arbitragem,análise fundamentalista, entre outros.
  • Investimento com BTC: Em uma nova classe de ativos, diferentes de tudo que o mercado financeiro já viu: as criptomoedas ou Altcoins (alternative coins).

Como funciona o Bitcoin? 

Funciona como uma rede descentralizada P2P (entenda melhor aqui), através de uma cadeia de blocos (Blockchain) que guarda um registro permanente e público de todas as transações já feitas entre carteiras pela rede.

Ou seja, a Blockchain permite duas pessoas transferirem valor pela rede sem a necessidade de intermediário, com total confiança e segurança.

P2P (PEER TO PEER)

É uma arquitetura de redes de computadores onde cada um dos pontos da rede permite compartilhamentos de serviços e dados sem a necessidade de um servidor central.

Cada pessoa ou instituição pode possuir uma carteira virtual com endereço próprio e pode transacionar seus BTCs entre elas. Cada ponto da rede funciona como validação de todas as transações na rede completamente conectada.

Isso garante a autenticidade dos Bitcoins e de cada uma das suas transações, pois se alguém tenta burlar o sistema, milhares de outros computadores detectam e negam a operação.

É praticamente impossível enganar a Blockchain.

Blockchain 

A  blockchain  é a tecnologia que permite o Bitcoin ser a maior revolução digital do milênio. Lembra da descentralização? Ela só é possível graças a Blockchain.

De maneira simples, funciona como um livro público que contém todas as transações de Bitcoins. Ele é compartilhado e acessível universalmente. Sua segurança e transparência facilita a criação e garante confiança na comunicação direta entre duas partes, ou seja, sem o intermédio de terceiros.

A evolução da Blockchain

 Ela não é aplicável somente para transacionar Bitcoins. A Blockchain está sendo programada para ter as aplicações mais diversas possíveis.

Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By cookelma

Smart Contracts (Contratos Inteligentes)

A tecnologia por trás dos Smart Contracts é uma evolução da Blockchain. De maneira simples vamos fazer você entender.

Até o momento, a única aplicação vista para a Blockchain era transacionar Bitcoins. Os Smart Contracts permitem que qualquer contrato possa ser executado e aplicado sem a necessidade de qualquer intermediário. Seu principal objetivo é facilitar os negócios entre partes, os tornando mais rápidos, baratos, imutáveis, seguros e transparentes.

Exemplos da aplicação desta tecnologia estão em praticamente todos os sistemas existentes no mundo. Podemos usá-los para fazer contratos simples, heranças, folhas de pagamento, eleições e muito mais.

Nesse vídeo, do canal Aprendizado Cripto,há vários exemplos interessantes de como os Smart Contracts poderão influenciar nossas vidas em um futuro próximo.

Grande parte das Altcoins são projetos que se utilizam dos Smart Contracts para entregar suas propostas de valor dentro da Blockchain, conseguindo soluções mais eficientes que as de empresas convencionais.

Mas calma lá, o que são as Altcoins?

Altcoins

O Bitcoin é a única moeda virtual? Não, existem milhares de outras criptomoedas. Elas são as Altcoins, moedas alternativas ao BTC. Seu principal objetivo é tentar aperfeiçoá-lo e/ou resolver um problema que o Bitcoin ainda não resolve.

Nesse mercado de Altcoins há duas possibilidades bem definidas:

  • Altcoins com projetos sérios e promissores com alto potencial de valorização,
  • Altcoins com projetos ruins, impossíveis ou até golpes. (Shitcoins).

Deve-se atentar a uma análise fundamentalista da criptomoeda antes de qualquer investimento em moedas digitais.

O Bitcoin é a melhor criptomoeda?

Podemos dizer que o Bitcoin é o mais confiável e utilizado. Atualmente, o Bitcoin é o que tem disparado o maior valor total de mercado, seguido pelo Ethereum.

Mas, quais são as melhores e maiores Altcoins? Meu amigo, a Investidor Moderno tem artigo falando de todas, é só clicar na que você quiser:Tether e Stable Coins, Ethereum,Tron, Stellar, Ripple,Cardano,EOS, Nano, Iota, BTT, Litecoin e Bitcoin Cash.

O mercado das Altcoins 

Existe um grande mercado por trás do Bitcoin, com mais de 120 bilhões de dólares. Embora o Bitcoin abocanhe mais da metade deste valor o resto está investido nas criptomoedas alternativas.

Podemos imaginar tudo como uma bolsa de valores e fazer algumas comparações. Compararemos com a Bovespa do Brasil, por exemplo:

  • Cada ação equivale a uma unidade de Altcoin ou Token;
  • A ação é comercializada em reais. As criptomoedas, principalmente, em partes do Bitcoin (Satoshis);
  • Grandes empresas: Ambev, Itaú, Petrobras, por exemplo, podem ser comparadas com as maiores criptomoedas: Bitcoin, Ethereum, Ripple;
  • As empresas menores se assemelham com as outras Altcoins;
  • Na Bovespa temos as corretoras, no criptomercado as exchanges,
  • Os preços de todas as ações e a capitalização do mercado variam diariamente. O mesmo vale para as criptomoedas e o criptomercado.

A queda do Bitcoin e a bolha nas Altcoins 

Para começar vamos a constatação simples, o Bitcoin em si, não é bolha.

[youtube embed=”QR1ddXgub9A”]

Mas, acredito que houve uma bolha no criptomercado, podemos fazer uma comparação interessante entre ela e outra bolha recente: a das .com (Nasdaq).

Durante os anos 2.000, a bolha da internet se formou, milhares de empresas foram criadas, muitas delas sem nenhuma proposta de valor ou responsabilidade. Na época, como a internet estava em seu início, um grupo de pessoas só precisava abrir um site e suas ações poderiam ir parar na Nasdaq através dos IPOs, muitas vezes sem nem ao mesmo ser uma empresa séria ou com boas intenções.

Mesmo assim, como o mercado estava em uma euforia muito forte, essas empresas valorizaram, e, quando a bolha desinchou, vários maus projetos deixaram de existir.

Vale ressaltar que as boas empresas resistiram e continuaram no mercado, e, hoje, são algumas das maiores empresas do mundo.

Essa história parece estar se repetindo no mercado de criptoativos.

Muitas das criptomoedas são Scams, não possuem uma proposta de valor interessante, ou, já existem moedas melhores fazendo a mesma coisa. Por isso, antes de investir em qualquer moeda, ou, ICO, se faz necessária uma análise fundamentalista detalhada.

Durante o ano de 2017, o preço de todas as criptomoedas inflou muito, e, atualmente, estamos numa correção, buscando os valores justos para cada uma das Altcoins.

Milhares de projetos foram extintos, porém, os bons e sérios continuaram e a cada dia tem mais confiança da comunidade e dos investidores.

O mercado já passou por algumas grandes correções, como a do ano de 2018. Em todas as outras, conseguimos nos levantar ainda mais fortes e enxergar um mercado mais maduro, transparente e honesto.

Portanto, em minha opinião, ocorreu uma bolha nas Altcoins e outras estão por vir. Algumas delas explodiram, outras apenas inflaram e desinflaram. E isso é algo bom para o mercado.

Como no exemplo da Nasdaq, isso foi necessário para nos livrarmos dos maus projetos, sobrando somente os que valiam a pena o investimento.

O Bitcoin já caiu mais de 80%, as altcoins mais!

Estou mostrando o gráfico do BTC, pois para as Altcoins subirem, ele necessariamente deverá subir também.

As Altcoins tem uma correlação incrível com o Bitcoin e a não ser que isso mude da noite para o dia, você só deve comprar as Altcoins se entender o Bitcoin (clique aqui para entender) e acreditar no seu futuro (clique aqui para acreditar).

O futuro do Bitcoin

Você está preocupado com a queda no preço do Bitcoin? Não tema, estou aqui para te dar 10 motivos para acreditar (e quem sabe, até comprar mais Bitcoin).

Nos últimos meses nosso criptomercado está em pânico. O Bitcoin está abaixo dos 4.000 dólares novamente! São dias ruins para as criptomoedas e para nós, investidores modernos.

Todos parecem pensar que a hora chegou, que o Bitcoin vai acabar. A mídia só fala disso, parecem gostar das quedas constantes no preço. É por isso que senti a necessidade de dar minha opinião sobre o futuro do Bitcoin ainda neste artigo, primeiramente para te acalmar se você tem Bitcoin.

Depois, para lembrar as razões que me fazem acreditar nessa revolução. Também mostrando as perspectivas otimistas que temos para um futuro próximo.

Relaxa amigo, o Bitcoin não vai acabar, ele vai valer muito um dia. Vou te provar nos próximos minutos.

Começo te lembrando algumas das frases que você mais ouviu a respeito do preço do Bitcoin:

“O Bitcoin não vai virar pó”.

“O Bitcoin vai valer 100 Mil Dólares”.

Para variar, as pessoas continuam tentando prever o futuro, mas, se pudessem, estavam todas ricas. Ninguém sabe o preço do Bitcoin amanhã, quem dirá daqui cinco anos.

Mas, uma coisa é fato: muitas pessoas já falaram que era impossível ele chegar a 100, 1.000, 10.000 dólares. Eu não vou prever o preço futuro do Bitcoin, mas vou te contar os motivos pelos quais eu acredito que ele vai valer muito um dia, até mais que 100 mil dólares.

Para começar, vamos partir da simples constatação de que sim, é possível.

Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By stevanovicigor

A capitalização da moeda se dá pelo valor total investido nela = valor unidade x total de unidades em circulação da moeda.

Usaremos como exemplo o preço do Bitcoin em 29/09/18:  3.500 dólares, multiplicando pelas aproximadamente 17 milhões de moedas = capitalização de aproximadamente 60 bilhões de dólares

Para o Bitcoin valer 100 mil, o seu valor de mercado deve ser: 100 mil  x 17 milhões (desconsiderando o aumento de moedas por mineração) = 1,7 trilhões de dólares.

É muito né?  Será que não tem tanto dinheiro assim pra ser investido em Bitcoin?

Vamos dar uma olhada na capitalização de mercado das principais bolsas do mundo.

NYSE e EURONEXT: 20 Trilhões.

B3 (Bovespa): Sim, a nossa bolsa.

Possui mais de 1 trilhão em capitalização.

Agora eu te pergunto: o que você acha que vai ser maior em 10 anos, a Bovespa, ou, o Bitcoin?

Mas calma aí: não é só porque dá, que vai acontecer! Por isso, vou te dar 10 motivos pelos quais eu acredito nele a 100 mil dólares (ou mais).

O futuro do Bitcoin: 10 motivos para acreditar 

  • O histórico dos preços
  • Blockchain e suas aplicações
  • Smart Contracts
  • Lightning Network
  • Regulamentação: Segurança, transparência e maturação do mercado
  • Dinheiro Institucional
  • ETFs
  • Maturidade do Mercado: Ecossistema Propício
  • Digitalização do Dinheiro
  • Crise Global

*Se você quiser entender melhor cada um destes motivos é só ler nosso outro artigo, além dos 10 motivos explicados nele você vai conhecer toda a história do Bitcoin: O passado, o presente e o futuro: 10 motivos para acreditar no BTC.

Bônus: Análise técnica longo prazo Bitcoin

[youtube embed=”yEZECUIQglk”]

Conclusão

O Bitcoin é a maior revolução do século. Ele e a Blockchain vieram pra ficar e vão mudar radicalmente tudo em nossas vidas.

Na minha opinião, é uma questão de tempo até termos outra Bull Run e o preço ultrapassar os 20.000 dólares novamente, então, comprar agora é um ótimo investimento.

Mas, é claro que você precisa saber o que está fazendo e esse artigo é só o começo do seu conhecimento. É por isso que lhe apresento a Investidor Moderno, onde o principal objetivo é fazer você aprender, dando suporte total para você em todos nossos canais.

[youtube embed=”uoi_3saiVc4″]

Quando e onde investir

O primeiro passo sempre será conhecer seus limites, sua tolerância a risco. Não entender seus próprios limites pode levá-lo a tomar as piores decisões com seus investimentos.

Por este motivo, sugerimos que todo investidor - experiente ou iniciante - conheça seu perfil. Se busca obter ganhos mais altos aceitando certa volatilidade ou se prefere maior segurança com retornos garantidos.

Entender mais profundamente o seu perfil como investidor e seus objetivos quanto a prazos de investimentos é uma tarefa um pouco mais sofisticada que um teste feito em qualquer ferramenta na internet, exige uma análise mais criteriosa e dedicada para cada pessoa.

os perfis de investidores

Para ter uma visão precisa do perfil é preciso considerar histórico como investidor, fatores pessoais e até profissionais que um teste da internet não considera.

Esta é a função do Assessor de Investimentos

Entender o investidor em uma profundidade maior que um teste de perfil na internet. É a nossa função como uma empresa especializada em educação financeira.

O primeiro passo é fazer uma conversa de 5 a 10 minutos com um membro da nossa equipe para levantar as primeiras informações e então agendar a conversa com um Assessor de Investimentos. É ele quem vai se aprofundar no seu histórico como investidor, seu momento de vida, seus planos futuros e então te indicar para produtos recomendados para seu perfil de investidor.

Confirme seus dados no formulário abaixo e nossa equipe vai entrar em contato com você para fazer a avaliação de seu perfil e avaliar o alinhamento com seus atuais investimentos.