O Ibovespa e a Quarta de Cinzas

Carlos Henrique de S. e Silva
Carlos Henrique é especialista de investimentos certificado pelo CEA® e PQO®. Em sua trajetória esteve em grande instituições como o Banco Volkswagen, XP Investimentos e Banco Itaú. Atua como assessor de investimentos e paralelamente como redator do site EuQueroInvestir.com.
1

Crédito: Imagem de Gerd Altmann por pixabay.com

Todo Carnaval tem seu fim, mas o fim das festividades desse ano prometem uma “ressaca” bastante expressiva para o Ibovespa na Quarta de Cinzas.

Com o novo caso de Covid-19 confirmado no estado de São Paulo, além de 3 outros casos suspeitos e 11 mortos na Itália pelo novo coronavírus, o Ibovespa não vem sofrendo as oscilações negativas da epidemia por conta do Carnaval.

Ademais, o avanço do vírus, já presente em diversos países do mundo, impacta o comércio de China e EUA estruturalmente ajustando as perspectivas de crescimento em 2020.

Além disso, as expectativas do PIB na Quarta-feira de Cinzas devem ser ajustadas para baixo pelo Focus após dados de inflação fracos.

PIB em Cinzas

A Quarta-feira de Cinzas deve vir com novas expectativas do PIB pelo Focus do Banco Central.

A projeção de crescimento pelo relatório semanal do Banco Central deve ajustar a projeção de 2,23% para 1,4% de acordo com algumas casas do mercado.

Parte desse ajuste do PIB se deve aos dados mais fracos de inflação divulgados no fim de 2019 em meio a crise do coronavírus e da Argentina.

Mensagem de mercados externos

Por conta do Carnaval, o mercado acionário brasileiro esteve fechado desde sexta-feira 21/02.

Dessa forma, a queda como a ocorrida no S&P 500, um dos principais índices americanos, nessa terça-feira ainda não foi projetada no mercado interno.

O S&P 500 teve queda de 3,03% e o Euro Stoxx 50 reduziu ganho em 2,07%.

No fechamento do mercado americano, os ADRs da Petrobras e Vale tiveram variações de -1,99% e -2,37% respectivamente.

Ao passo que as ADRs da Petrobras e Vale são papéis principais do Ibovespa, podemos esperar uma variação proporcional ao índice amanhã.

A mensagem dos mercados externos virá no Ibovespa na Quarta de Cinzas a partir das 13 horas.

Caso confirmado de Covid-19

Foi confirmado o primeiro caso do novo coronavírus no estado de São Paulo.

O paciente, um homem de 61 anos, teria sido exposto ao vírus na Itália, onde estava em viagem. O país já tem 11 casos confirmados da doença até o prezado momento.

Além do primeiro caso confirmado em São Paulo, existem mais 3 suspeitas ainda em análise.