Nutriplant (NUTR3) tem queda de 90% no lucro em 2020

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

A Nutriplant (NUTR3) registrou lucro líquido de R$ 3,4 milhões no ano passado, redução de 90% em relação ao ano imediatamente anterior.

O resultado financeiro foi uma despesa de R$ 1,1 milhão no período, revertendo o ganho financeiro de R$ 45,1 milhões de 2019.

As despesas com vendas caíram 28,5% no ano passado, totalizando R$ 5,4 milhões.

Enquanto as despesas administrativas atingiram R$ 4,3 milhões, queda de 9,1% na base anual

Receita cresce 18,5%

A receita líquida foi de R$ 75,1 milhões em 2020, alta de 18,5% em relação ao ano anterior.

O resultado operacional antes do financeiro foi de R$ 5,3 milhões, crescimento de 6,1 vezes em na comparação com 2019.

Já o lucro bruto atingiu R$ 14,6 milhões em 2020, aumento de 32,6% na comparação anual.

Endividamento

O endividamento bancário bruto do Grupo apresentou uma redução de R$ 3,1 milhões, passando de R$ 12,0 milhões em 31 de dezembro de 2019 para R$ 8,9 milhões em 31 de dezembro de 2020.

De acordo com a Nutriplant, esta redução reflete a intenção da companhia em buscar continuamente uma maior liquidez e menor dependência na captação de recursos de terceiros para financiar seu capital de giro e melhorar o perfil e nível do seu endividamento.

Perspectivas para 2021

Em decisão de novembro de 2020, o TJSP anulou a decisão que anteriormente havia homologado o Plano de Recuperação Extrajudicial do Grupo Nutriplant facultando à companhia apresentar um novo plano.

A companhia e sua controlada informam que iniciaram os procedimentos jurídicos e administrativos para apresentação de um novo plano de recuperação extrajudicial.