Carteira da Wisir Research sobe 3,96% em janeiro e supera Ibovespa

Rodrigo Petry
Editor-chefe, com 18 anos de atuação em veículos, como Estadão/Broadcast, InfoMoney, Capital Aberto e DCI; e na área de comunicação corporativa, consultoria e setor público; e-mail: rodrigo.petry@euqueroinvestir.com.

Crédito: Crédito da imagem: Reprodução/Internet

Em um mês marcado pela queda generalizada dos mercados mundiais, por conta da epidemia do Coronavírus, a carteira mensal da Wisir Research acumulou um ganho de 3,96% no mês de janeiro. O resultado superou o desempenho do Ibovespa (IBOV) que, em janeiro, registrou desvalorização de 1,71%.

Entre os papéis que puxaram o desempenho da carteira da Wisir, os destaques ficaram por conta da Natura (NTCO3) com alta de 22,38% e da Tenda (TEND3), cujas ações valorizaram-se 18,05%.

Também registraram fortes valorizações os papéis da Totvs (TOTS3), com avanço de 14,41%, e da B3 (B3SA3), com alta de 11,63%. A SulAmérica (SULA11), com expansão de 4,9%, completa

Aprenda hoje a investir em Small Caps e encontre as oportunidades escondidas na Bolsa.

Já os papéis que performaram negativamente na carteira mensal foram Vale (VALE3), Suzano (SUZB3), Rumo (RAIL3), Petrobras (PETR4) e Ambev (ABEV3).

Semanal

Ao longo das semanas de janeiro, as carteiras recomendadas pela Wizir acumularam alta de 6,67%, enquanto o Ibovespa, no mesmo período, recuou 1,63%.

Em uma semana de intensa volatilidade, o destaque das recomendações para o período de 27 a 31 de janeiro ficou com as ações da Neoenergia (NEOE3), com valorização de 4,59%.

De forma consolidada, a carteira apresentou uma queda de 0,54%, entretanto superou o Ibovespa, que recuou 3,90% no mesmo período.

A carteira era composta por Santander (SANB11), Engie (EGIE3), Cemig (CMIG4) e Arezzo (ARZZ3).

Quer ficar por dentro de mais análises de ações? Clique aqui e leia o relatório de ITSA4, MGLU3 e EGIE3!