Notre Dame (GNDI3) tem alta de 18,1% no lucro no 4TRI

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Notre Dame GNDI3

Notre Dame (GNDI3) registrou lucro líquido de R$ 155,2 milhões no quarto trimestre de 2020, crescimento de 18,1% em relação ao mesmo período do ano anterior, mas abaixo do consenso.

No ano, o lucro líquido somou R$ 735,7 milhões, um aumento de 73,7% na comparação com 2019.

A sinistralidade caixa atingiu 71,4% no quarto trimestre, alta de 3,4 pontos percentuais.

Operar Vendido, Shoppings, Tendências e muito mais, confira a agenda de hoje no FII Summit

De acordo com a NotreDame, o trimestre foi impactado pela segunda onda do Covid-19 ocorrendo simultaneamente ao retorno da rotina e procedimentos eletivos.

Ebitda cresce 6,1%

O lucro antes de juro, impostos, depreciação e amortização (Ebtida, na sigla em inglês) ajustado somou R$ 419,5 milhões no quarto trimestre de 2020, subiu de 6,1% na comparação ano a ano.

Conforme a NotreDame, a elevação do Ebitda foi impulsionada pelo crescimento da receita líquida e diluição do G&A caixa, porém afetado pela sinistralidade caixa.

Enquanto isso, a margem Ebitda ajustado foi de 14,9%, baixa de 2,3 p.p.

A receita líquida atingiu R$ 2,811 bilhões no período, uma elevação de 22,1% na comparação anual.

Investimentos

A companhia investiu R$ 3,688 bilhões no quarto trimestre do ano passado. Os aportes foram direcionados principalmente para aquisições.

Em 2020, a NotreDame realizou 14 aquisições (signing ou closing) que totalizam aproximadamente 1,1mm beneficiários e 1.312 leitos, especialmente marcado pela entrada em alguns dos mercados mais relevantes da saúde privada do Brasil, como Paraná, Santa Catarina e Minas Gerais.

Dívida

O caixa líquido da NotreDame encerrou 2020 em R$ 3,4 milhões.

A alavancagem financeira, medida pela relação dívida líquida ajustada/Ebitda ajustado, ficou em 0,0 vez no final de dezembro de 2020. Um ano antes era de -2 vezes.

Veja os principais destaques do balanço da NotreDame: