Notre Dame (GNDI3) liquida debêntures; Cyrela (CYRE3) paga JCP de R$ 98,7 mi

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Notre Dame GNDI3

A Notre Dame Intermédica (GNDI3) informou que sua subsidiária integral, a BCBF Participações, concluiu a liquidação financeira de sua 5ª emissão de debêntures simples.

Assim sendo, as debêntures não conversíveis em ações somam o montante de R$ 700 milhões.

Os referidos títulos farão jus à remuneração fixa equivalente a 100% da variação acumulada das taxas médias diárias dos DI, acrescido de sobretaxa de 2,65% ao ano.

Conquiste sua Independência Financeira. Conheça os 4 Pilares para Investir

O prazo de vencimento é de 5 anos.

Os recursos obtidos com a emissão serão utilizados para reforço de caixa da BCBF, para cobrir suas obrigações financeiras no curso normal dos negócios, podendo também serem destinados à compra de participação societária ou aporte em empresas investidas.

Ferbasa (FESA4) aprova JCP de R$ 0,4887 por ON e R$ 0,5375 por PN

O Conselho de Administração da Ferbasa (FESA4), aprovou o creditamento e pagamento de Juros sobre Capital Próprio (JCP) no valor global de R$ 44,31 milhões.

Dessa forma, será pago o valor de R$ 0,48871483440 para cada ação ordinária e de R$ 0,53758631784 para cada ação preferencial da Companhia.

Para ter direito ao provento, o acionista precisa esta posicionado no papel em 04 de dezembro de 2020.

As ações da Companhia serão negociadas “ex-JCP” a partir de 07 de dezembro de 2020.

O pagamento do JCP será efetuado em 2 parcelas, sendo a primeira a partir do dia 22 de dezembro de 2020 e a segunda a partir de 26 de janeiro de 2021.

Usiminas (USIM5): Itaú Unibanco (ITUB4) atinge 5,05% de participação

A Usiminas (USIM5) comunicou que o Itaú Unibanco (ITUB4) passou a deter 5,05% das ações preferenciais emitidas pela Companhia, totalizando 27.666.247 ações

A fim de evitar dúvidas, a Usiminas reforçou que a comunicação refere-se a posições detidas por fundos de investimento geridos pelo Itaú Unibanco, no contexto de sua atividade de administração de recursos de terceiros (asset management).

Cyrela (CYRE3) paga JCP de R$ 98,7 milhões

A Cyrela (CYRE3) aprovou o pagamento do dividendo mínimo obrigatório no montante total de R$ 98,762 milhões, equivalente a R$ 0,2569083204 por ação ordinária.

Terão direito ao dividendo os acionistas inscritos na data-base de 23 de julho de 2020, de modo que as ações são negociadas ex-dividendos desde 24 de julho de 2020.

Segundo a Companhia, a data do pagamento do dividendo será em 17 de dezembro de 2020.

Veja mais:

Money Week: influenciadores ensinam como começar a investir

Money Week: Investir é um estudo permanente, diz Florian Bartunek