Neoenergia (NEOE3) tem alta de 36% no lucro no 3TRI20, a R$ 814 milhões

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Divulgação

A Neoenergia (NEOE3)  reportou um lucro líquido de R$ 814 milhões no terceiro trimestre de 2020, um aumento de 36% no mesmo período de 2019.

O resultado financeiro foi uma despesa de R$ 197 milhões, redução de 36% sobre as perdas em igual período de 2019.

De acordo com a elétrica, o desempenho foi devido ao menor saldo de dívida pela entrada dos recursos Conta-Covid e menor despesa com encargos.

Perdeu a Money Week?
Todos os painéis estão disponíveis gratuitamente!

A Energia injetada totalizou 16.307 GWh no 3 terceiro trimestre, desempenho 1,33% superior ao reportado no mesmo período de 2019.

Conforme a Neoenergia, o aumento reflete a retomada da atividade econômica impactada pelos efeitos da Covid-19.

Ebtida sobe 17%

O lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebtida, na sigla em inglês) foi de R$ 1,764 bilhão no período, desempenho 17% superior ao registrado um ano antes.

A receita líquida da Neoenergia somou R$ 7,775 bilhões no terceiro trimestre, um aumento de 12%.

A margem bruta ficou em R$ 2,640 bilhões, uma elevação de 15% em relação ao mesmo período de 2019.

Capex da Neoenergia

A Neonergia investiu R$ 1,87 bilhões no terceiro trimestre de 2020, um aumento de 60% na comparação ano a ano.

Os aportes foram destinados principalmente em avanços dos projetos de transmissão e eólicos.

Alavancagem financeira cai

A dívida líquida da Neonergia encerrou setembro em R$ 16,865 bilhões.

A alavancagem financeira medida pela relação Ebtida/ dívida líquida, ficou em 2,85 vezes no final de setembro de 2020. No mesmo período de 2019, a alavancagem era de 3 vezes.

Veja os principais destaques do balanço da Neoenergia: