Natura (NTCO3), Marfrig (MFRG3) e WEG (WEG3) ingressam na carteira da Wisir em março

Osni Alves
Jornalista (2007); Especializado em Comunicação Corporativa e RP (INPG, 2011); Extensão em Economia (UFRJ, 2013); Passou por redações de SC, RJ e BH (oalvesj@gmail.com).
1

Crédito: Сериал Бригада/Pixabay

A Wisir Research abre o mês de março com novidades. Ingressaram na carteira da casa de análise as seguintes empresas: Natura (NTCO3), Marfrig (MFRG3) e Weg (WEGE3). Elas atuam no segmento de beleza, alimentação e metal mecânica, respectivamente.

A análise inclui, sistematicamente, 10 ativos com peso de 10% cada, e leva em consideração os preços de abertura do primeiro dia útil de cada mês e o fechamento do pregão do último dia útil de cada mês.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Em contraponto às empresas que entraram, deixaram a lista as companhias Braskem (BRKM5), Minerva Foods(BEEF3), Rumo S.A (RAIL3). A Wisir publica periodicamente sua carteira de ativos e recomendações. A iniciativa é mensal e semanal.

Wisir Carteira Mensal:

B3 S.A (B3SA3)

A empresa iniciou a semana com potencial ganho de 12,65%. A variação mensal, referente a fevereiro, ficou em 0,41% negativos. Já a variação anual, referente a 2019, alcançou 63,25% positivos. A cotação da companhia em março de 2020 ficou em R$ 48.

Grupo Natura (NTCO3)

A fabricante de cosméticos iniciou a semana com potencial ganho de 18,30%. A variação mensal, referente a fevereiro, ficou em 4,35% negativos. Já a variação anual, referente a 2019, alcançou 73,72% positivos. A cotação da companhia em março de 2020 ficou em R$ 45,51.

Marfrig (MFRG3)

O frigorífico iniciou a semana com potencial ganho de 15,80%. A variação mensal, referente a fevereiro, ficou em 10,03% positivos. Já a variação anual, referente a 2019, alcançou 82,42% positivos. A cotação da companhia em março de 2020 ficou em R$ 12,07.

Petrobras (PETR4)

A petroleira iniciou a semana com potencial ganho de 14,76%. A variação mensal, referente a fevereiro, ficou em 10,93% negativos. Já a variação anual, referente a 2019, alcançou 36,83% positivos. A cotação da companhia em março de 2020 ficou em R$ 25,34.

Yduqs (YDUQ3)

A holding iniciou a semana com potencial ganho de 16,45%. A variação mensal, referente a fevereiro, ficou em 1,56% negativos. Já a variação anual, referente a 2019, alcançou 103,4% positivos. A cotação da companhia em março de 2020 ficou em R$51,89.

PetroRio (PRIO3)

A petroleira iniciou a semana com potencial ganho de 15,90%. A variação mensal, referente a fevereiro, ficou em 17,80% negativos. Já a variação anual, referente a 2019, alcançou 233,27% positivos. A cotação da companhia em março de 2020 ficou em R$39,40.

WEG (WEGE3)

A indústria iniciou a semana com potencial ganho de 16,10%. A variação mensal, referente a fevereiro, ficou em 9,87% positivos. Já a variação anual, referente a 2019, alcançou 100,50% positivos. A cotação da companhia em março de 2020 ficou em R$43,15.

EzTec (EZTC3)

A companhia iniciou a semana com potencial ganho de 14,85%. A variação mensal, referente a fevereiro, ficou em 16,37% negativos. Já a variação anual, referente a 2019, alcançou 152,74% positivos. A cotação da companhia em março de 2020 ficou em R$46,50.

Hapvida (HAPV3)

A operadora de planos de saúde iniciou a semana com potencial ganho de 15,35%. A variação mensal, referente a fevereiro, ficou em 8,11% negativos. Já a variação anual, referente a 2019, alcançou 106,39% positivos. A cotação da companhia em março de 2020 ficou em R$55,20.

Totvs (TOTS3)

A desenvolvedora de software iniciou a semana com potencial ganho de 16,70%. A variação mensal, referente a fevereiro, ficou em 4,88% negativos. Já a variação anual, referente a 2019, alcançou 139,77% positivos. A cotação da companhia em março de 2020 ficou em R$71,01.

Wisir Carteira semanal, de 2 de março a 6 de março:

O rodízio da semana apresentou a seguinte alteração: entraram Vivo, Via Varejo, Bradespar, Grupo CCR e Marfrig. Deixaram a listagem a Copasa MG (CSMG3), a Cyrela (CYRE3), o Iguatemi (IGTA3), a Petrobras (PETR4) e o Banco do Brasil (BBAS3).

Vivo (VIVT4)

A telefônica deu entrada a R$53 com objetivo de R$58,25. Trata-se de um retorno de 9,91% com risco de -4,77%.

Via Varejo (VVAR3)

A varejista deu entrada a R$13,80 com objetivo de R$15,15. Trata-se de um retorno de 9,78% com risco de -5,43%.

Bradespar (BRAP4)

A administradora deu entrada a R$33,20 com objetivo de R$36,45. Trata-se de um retorno de 9,79% com risco de -5,21%.

Grupo CCR (CCRO3)

A concessionária deu entrada a R$16,15 com objetivo de R$17,75. Trata-se de um retorno de 9,91% com risco de -4,46%.

 Marfrig (MRFG3)

O frigorífico deu entrada a R$12,30 com objetivo de R$11,67. Trata-se de um retorno de 10,33% com risco de -5,12%.

Acompanhe o mercado real, acesse o Telegram da Wisir Research. https://t.me/wisir

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3