Natura (NTCO3) recua 17,5% após resultado fraco e alteração de guidance

Felipe Moreira
Editor na EuQueroInvestir, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional.
1

As ações da quarta maior empresa de beleza do mundo, Natura (NTCO3), recuam forte na sessão desta sexta-feira após a divulgação de resultados aquém e mudança nas projeções. O papel da NTCO3 fechou em queda de 17,54%, cotado a R$ 33,00.

A companhia de cosméticos modificou sua expectativa de alcançar 14%-16% de margem Ebitda de 2023 para 2024. Mas, o restante das projeções permaneceu, com projeção de receita líquida de R$ 47 a R$ 49 bilhões e uma relação entre dívida líquida e Ebitda abaixo de uma vez no final de 2023.

A Natura (NTCO3) reportou queda de 28,6% no lucro líquido consolidado do terceiro trimestre de 2021 (3TRI21). Assim, o lucro caiu de R$ 377 milhões para R$ 296,6 milhões no 3TRI21.

Os principais impactos nos negócios, segundo a empresa, foram a pandemia, com as restrições nos Estados.

O Ebitda da Natura (NTCO3) recuou 34,5% no comparativo anual, atingindo R$ 953 milhões no 3TRI21. Já margem Ebitda da empresa passou de 14% para 10%.

Enquanto a receita caiu 8,4%. Ou seja, passou de R$ 10,4 bilhões para R$ 9,64 bilhões na base comparativa anual.

Natura

Estudos para listagem na Nyse e BDRs na B3 (B3SA3)

A companhia também anunciou ontem que iniciou estudos para listagem primária de suas ações na Nyse e BDRs na B3 (B3SA3).

Para viabilizar a operação, a Natura informou que está considerando a criação de uma nova companhia holding do Grupo, a ser domiciliada preferencialmente no Reino Unido, onde o Grupo já possui uma presença relevante e onde a The Body Shop e a Avon estão sediadas. Isso, segundo relatório do Bradesco BBI, tornará o Grupo mais eficiente em termos fiscais.

Programa de recompra de ações

A Natura ainda comunicou ontem (11) a aprovação de novo programa de recompra de ações da companhia, com o objetivo de maximizar a geração de valor para os acionistas da companhia por meio de uma administração eficiente de sua estrutura de capital.

A companhia poderá, a seu exclusivo critério e nos termos do Programa de Recompra, adquirir até 37,5 mil ações ordinárias, correspondentes a até 2,72% do total de ações de emissão da Companhia e até 4,44% das ações em circulação.

O prazo máximo para realização das compras e aquisições é de 12 meses, iniciando-se no dia 12 de novembro de 2021 e encerrando-se em 11 de novembro de 2022.

História do Grupo Natura (NTCO3)

A empresa começou seus negócios no ano de 1969, foi criada pelo empresário Luiz Seabra. Em seu segundo ano de vida abriu sua primeira loja física na avenida Oscar Freire em São Paulo.

Em 1974 começou um novo modelo de negócios com venda direta e fechou o estabelecimento. A estratégia foi voltada para vendedores independentes, na maior parte mulheres, que vendiam os produtos para amigas.

No ano de 1979 o Grupo Natura (NTCO3) lançou sua primeira linha de produtos para homens, a Sr. N. Dessa forma, conseguiu mais de 200 funcionários e 2000 consultoras em todas as regiões do país.

Em 1982 começou a vender os produtos no Chile, pouco tempo depois começou a usar refil em seus produtos. Assim, a prática se tornou um dos pontos mais importantes que o negócio já apresentou.

No final dos anos 80 já possuía 50 mil consultoras em todo o Brasil, com milhões de clientes. Então começou a atuar na Argentina e no Peru, além disso nesse período ampliou bastante seu portfólio. Duas décadas depois passou a ter fábrica em países latinos.

Estratégia do Grupo Natura (NTCO3)

A marca fez várias compras de sub empresas nos últimos anos e expandiu o seu negócio em níveis internacionais. Então algumas das principais delas são no ramo de beleza:

  • Emeis Holding;
  • Aesop;
  • Body Shop.

Uma de suas principais técnicas é a forte imagem de sustentabilidade que é divulgada. Portanto, ela também é responsável por todas as etapas do produtos, logo desenvolve e executa processos como:

  • Pesquisa;
  • Produção;
  • Distribuição.

A fábrica do Grupo Natura (NTCO3) faz economia de energia, uso de água e preservação da mata nativa. Dessa forma tem alto controle sobre seus padrões e gerencia todos os processos.

Inovação

O negócio está sempre em busca de inovações para os seus métodos e produtos. Assim, em 2012, estreou no campo das compras online e lançou uma plataforma digital para seus clientes.

As lojas físicas também voltaram ao foco com as intenções mostradas a seguir:

  • Ter demanda a pronta entrega;
  • Permitir que experimentem seus itens;
  • Criar uma vitrine física.

Comunicação

Outro ponto onde a estratégia se destaca é o marketing que gera engajamento com o público alvo. Então, foca bastante em interagir com o seus clientes nas redes sociais, além de se envolver com causas e ações sociais.