Nasdaq Composite: o que é e como funciona um dos principais índices dos EUA

Ronaldo Araújo
Engenheiro e Agente Autônomo de Investimentos, hoje me dedico a divulgar ensinamentos sobre como funciona a Previdência Privada. Acredito que com mais conhecimento é possível fazer melhores escolhas para a formação do patrimônio de longo prazo. Para saber mais acesse www.ronaldoaraujo.com.br
1

O Nasdaq Composite é um índice de muita importância no mercado financeiro mundial. A razão disso é que ele acompanha a segunda maior bolsa de valores do mundo e isso reflete em muitos investimentos internacionais.

Confira a seguir o conteúdo sobre esse importante indicador da economia norte-americana.

Prossiga!

O que é o índice Nasdaq Composite?

O índice Nasdaq Composite certamente é um dos indicadores financeiros mais importantes de todo o mundo. Isso se dá pela importância do mercado que ele acompanha: a bolsa Nasdaq.

Muitos afirmam sem medo de errar que o Nasdaq Composite faz parte dos três índices mais acompanhados em todo o planeta. Ao lado dele, estão o S&P 500 e o Dow Jones Average.

Sua relevância não é para menos. Ele segue o desempenho de 3.300 ações do tipo ordinária da bolsa Nasdaq. Como esse mercado é concentrado em empresas de tecnologia, muito dinheiro está envolvido nesse acompanhamento.

Vale ressaltar que também há Fundos Imobiliários listados nesse índice. São os chamados REIT’s, os FII’s norte-americanos.

Como ele surgiu?

O índice Nasdaq Composite teve origem no ano de 1971. Naquela época, apenas 50 empresas faziam parte de sua composição. A cotação inicial do indicador foi setada em 100 pontos.

No entanto, rapidamente houve desenvolvimento. Como a Nasdaq é uma bolsa de valores voltada majoritariamente ao setor de tecnologia, houve uma intensa vibração nos anos 2000, época das famosas ponto.com.

Mas como todos sabemos, essa bolha estourou e isso ocorreu por volta de 2002. O baque na bolsa foi tão forte que o nível de mais de 5000 pontos foi reduzido para perto de 1000. Uma queda de 80%.

No entanto, devido ao forte desenvolvimento do setor tecnológico, a bolsa se recuperou. Tanto que agora ela já opera acima dos 15 mil pontos e as empresas listadas estão entre as maiores companhias do mundo.

Alguns exemplos são Amazon, Meta (antigo Facebook), Google e Apple.

Qual é a metodologia para composição do índice?

A metodologia de composição do Nasdaq Composite é bastante elaborada. Ela se utiliza de uma espécie de ponderação que considera a capitalização de mercado das empresas listadas na bolsa.

Sendo assim, o valor do índice é conseguido ao multiplicar o peso total do valor das ações pelo seu respectivo preço. E isso é feito em tempo real, sendo divulgado segundo a segundo até o limite das 16:16.

Para que um papel seja elegível a fazer parte do Nasdaq Composite, é preciso atender a uma série de pré requisitos.

Dentre eles, podemos citar o número de ações ordinárias, os estoques de rastreamentos, os fundos de investimentos imobiliários e também os ADR’s.

Já outros papéis como debêntures emitidas por empresas privadas, ações preferenciais e cotas de fundos fechados não podem fazer parte do cálculo do índice.

Por fim, vale ressaltar dois pontos importantes na formação do Nasdaq Composite: o primeiro deles é que determinados acontecimentos influem diretamente na composição do índice.

Quando as ações de uma empresa sofrem desdobramento ou quando há pagamento de dividendos, isso é refletido imediatamente no comportamento desse papel dentro do indicador.

Por fim, é bom lembrar que se algum título deixar de atender aos requisitos exigidos para fazer parte do índice, ele pode ser retirado imediatamente da composição.

Quer conhecer alternativas interessantes de investimentos? Então, preencha o formulário para um assessor da EQI Investimentos entrar em contato!