Não caia nessa: As maiores mentiras sobre investimentos!

Patrícia Auth
Patrícia Auth é jornalista formada pela Univali de Itajaí/SC. Trabalhou em impressos, como o Jornal de Santa Catarina, e também, como repórter na Rede Record e RBS TV. É casada, mãe da Lívia e adoradora de boa música e gastronomia.Na equipe EuQueroInvestir, é responsável pela produção de vídeos, e também escreve e edita artigos para o site.Entre em contato com a Patrícia pelo e-mail: patricia.auth@euqueroinvestir.com

Já começo esse texto de forma bem direta: O que falta para você começar a investir?

[tie_list type=”starlist”]

  • Dinheiro
  • Tempo
  • Medo
  • Todas as alternativas acima

[/tie_list]

Calma! A gente dá aquele empurrãozinho. Vamos começar desvendando os “mitos” dos investimentos. A Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) listou as maiores mentiras sobre investimentos.

Veja quais são e não caia nelas, jamais!

Ah! Você não vai conseguir investir com essa “merreca” de economia.

Não é bem assim. Investir está bem acessível e tem opção para tudo quanto é bolso. Com R$ 30, por exemplo, é possível comprar títulos públicos disponíveis no Tesouro Direto.

Além disso, existem fundos de investimento com aplicação inicial de R$ 100. Em corretoras – caso da Eu Quero Investir – você ainda pode encontrar títulos de renda fixa por R$ 1 mil, como CDB, LCI e LCA.

Pensar em aposentadoria agora? Não precisa. Você ainda é novo!

Mentira. Mentira. Mentira. A regra é bem simples: quanto mais tempo você demorar para investir em aposentadoria, maior será o valor a ser poupado com o decorrer dos anos. Resumindo: se você começar tarde, terá que guardar mais dinheiro todos os meses.

Quem entende de finanças tem a mesma opinião: quanto antes começar a poupar para a aposentadoria, melhor. Ao investir cedo, você tem a seu favor a combinação “tempo + juros compostos”, que ajudam a multiplicar as suas economias com o passar dos anos.

Como você vai investir, se não entende nada sobre o assunto?

Ok! Você não é um especialista no assunto, mas também não é por causa disso que vai deixar de investir. Leia livros, artigos, pesquise na internet, veja vídeos no Youtube. Existem “N” produtos financeiros disponíveis, tanto pagos, quanto de graça.

Você também pode contar com a ajuda de um assessor de investimento. Aqui na Eu Quero Investir, a assessoria é gratuita. Basta preencher o formulário no final deste texto, para que um de nossos profissionais entre em contato, indicando o melhor investimento.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Aqui, você também pode fazer o teste de perfil e descobrir se é um investidor conservador, moderado ou agressivo.

[banner id=”teste-perfil”]

Você já está velho demais para pensar em investimento!

Nada disso. Não existe idade certa para investir. Até porque a expectativa de vida do brasileiro tem aumentado a cada ano com a evolução da medicina.

Por isso, mesmo que tarde, é melhor investir algo – mesmo que pouco –  do chegar na fase idosa sem dinheiro nenhum. Lembre-se: o importante é criar o hábito de investir todos os meses.

Invista em renda fixa. A rentabilidade é garantida!

Os ativos de renda fixa também oscilam de acordo com o momento do mercado financeiro. Como exemplo, podemos citar os títulos do Tesouro Direto. Todos os dias, os preços dos títulos sofrem variação. Os papéis pré-fixados podem sofrer volatilidade quando a taxa de juros sobe. E sim, o rendimento de uma aplicação de rende pode ser negativo.

O rendimento é maior do que os juros? Aplique já!

Uma coisa você precisa entender com clareza: qualquer investimento tem risco. Não existe aplicação financeira 100% segura. Mesmo que a previsão indique rendimento maior do que os juros, isso pode não acontecer. Por isso #ficadica: pesquise – com muito cuidado – qualquer investimento antes de começar a aplicar todo o dinheiro que você levou tempo para juntar.

O que fazer agora

O primeiro passo sempre será conhecer seus limites, sua tolerância a risco. Não entender seus próprios limites pode levá-lo a tomar as piores decisões com seus investimentos.

Por este motivo, sugerimos que todo investidor - experiente ou iniciante - conheça seu perfil. Se busca obter ganhos mais altos aceitando certa volatilidade ou se prefere maior segurança com retornos garantidos.

Entender mais profundamente o seu perfil como investidor e seus objetivos quanto a prazos de investimentos é uma tarefa um pouco mais sofisticada. É preciso considerar histórico como investidor, fatores pessoais e até profissionais que um teste da internet não considera.

Nossa equipe pode te ajudar a avaliar seu perfil de investidor.

O primeiro passo é uma conversa de 5 a 10 minutos com um membro da nossa equipe para levantar as primeiras informações e então agendar a conversa com um especialista no mercado de Investimentos.

É ele quem vai se aprofundar no seu histórico como investidor, seu momento de vida, seus planos futuros e então te indicar para produtos recomendados para seu perfil de investidor.

Confirme seus dados no formulário abaixo e nossa equipe vai entrar em contato com você para fazer a avaliação de seu perfil de investidor e bater com sua atual carteira de investimentos.