Multiplan (MULT3) e Renner (LREN3) fecham shoppings e lojas pelo país

Omar Salles
null
1

Crédito: Aliance (ALSO3), JHSF (JHSF3), BR Malls (BRML3) alteram horário de funcionamento de shoppings

A Multiplan (MULT3) anunciou o fechamento dos seus quatro shopping centers na Região Metropolitana de São Paulo e um centro comercial em Brasília (DF) a partir de hoje, e de três shoppings em Belo Horizonte (MG) a partir de amanhã.

Já a Lojas Renner (LREN3) anunciou que fechará todas as suas lojas físicas no Brasil a partir de amanhã, dia 20 de março.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Mais cedo nesta quinta-feira a Iguatemi (IGTA3), Cyrela (CYRE3) e JHSF (JHSF3) anunciaram o fechamento dos shopping centers nas cidades de São Paulo, Campinas, Belo Horizonte, Porto Alegre e Tijucas (SC), seguindo decretos municipais e estaduais, até 30 de abril.

Apenas farmácias, supermercados e pet shops abrirão.

O Iguatemi Brasília fechou hoje e só reabrirá em quinze dias, seguindo decreto do Distrito Federal.

A medida das empresas tem o objetivo de evitar a propagação do coronavírus. Na noite de hoje, o Brasil tem mais de 600 casos confirmados da doença, com seis mortes.

O fechamento dos shoppings da Multiplan inclui em São Paulo o Morumbi Shopping, Shopping Vila Olímpia, Shopping Anália Franco e Park Shopping São Caetano, em São Caetano do Sul.

Em Brasília a Multiplan fechou hoje o Park Shopping.

Em Belo Horizonte (MG) fecha amanhã o BH Shopping, Diamond Mall e o Pátio Savassi.

Supermercados e farmácias dentro dos centros comerciais poderão abrir.

Renner e Grazziotin

A Renner comunicou que fecha todas as suas lojas físicas no Brasil a partir de amanhã (20).

Os funcionários da área administrativa da Renner continuarão trabalhando em home office. As Lojas das bandeiras Camicado e de outras da Renner também fecharão.

“Essas medidas são necessárias para preservar a integridade dos nossos colaboradores, clientes, fornecedores e de comunidade, diante da disseminação do Covid-19, bem como a preservação do negócio”, informou a Renner em comunicado.

Mais cedo, a Renner informou o fechamento temporário de todas as lojas na região metropolitana de São Paulo, medida que a empresa gaúcha agora estendeu para o Brasil inteiro.

A varejista gaúcha Grazziotin informou que fechou hoje sua loja no Centro Shopping, em Porto Alegre (RS) e a partir de amanhã fecha as lojas em Passo Fundo (RS). Os funcionários administrativos trabalharão em casa em home office. O Centro Shopping de Porto Alegre ficará fechado por 30 dias.

Iguatemi, Cyrela e JHSF

A Iguatemi (IGTA3) comunicou na manhã de hoje que fechou já a partir de hoje os shoppings Iguatemi de São Paulo, JK Iguatemi, Market Place e Iguatemi Alphaville (em Barueri-SP).

Em Campinas (SP), foi fechado hoje o Iguatemi Campinas, que permanecerá assim até 30 de abril.

Em Porto Alegre, o Iguatemi Porto Alegre e o Praia de Belas fecharam a partir de hoje, seguindo decreto municipal. Os centros comerciais abrirão apenas operações essenciais como farmácias e praças de alimentação, entre 12h e 20h.

O Fashion Outlet Santa Catarina, em Tijucas (SC), já está fechado desde ontem e reabrirá só após 24 de março.

A Cyrella Commercial Properties suspendeu já a partir de hoje todas as atividades em seus shoppings em São Paulo, Belo Horizonte e Rio de janeiro: Tietê Plaza, Comercial Plaza, Shopping D, Cidade de São Paulo; Cerrado e Estação BH; e Metropolitano Barra.

A JHSF fechou a partir de hoje o Shopping Cidade Jardim, Zona Sul da capital paulista.