Multiplan (MULT3) paga R$ 170 milhões em JCP

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Reprodução / Multiplan

A Multiplan (MULT3) comunicou nesta quinta-feira (15) que pagará os juros sobre o capital próprio no valor bruto de R$ 170 milhões no dia 23 de outubro de 2020.

São dois pagamentos aprovados pelo Conselho de Administração da Multiplan.

Um em 25 de setembro de 2019 e outro em 23 de dezembro do mesmo ano.

Invista em Fundos Imobiliários. Conheça planilha que irá te ajudar em análises e diagnósticos dos ativos.

No primeiro caso, os acionistas em 30 de setembro de 2019 farão jus ao pagamento do valor bruto total de R$ 80 milhões, correspondente a R$ 0,13417101396 por ação.

No segundo caso, os acionistas na mesma data farão jus ao pagamento do valor bruto total de R$ 90 milhões, correspondente a R$ 0,15088772985 por ação.

Além disso, pagou aos titulares de debêntures da terceira emissão da companhia de juros no valor de R$ 81,417025 por debênture.

A empresa paga também a amortização da segunda e última parcela do valor nominal das debêntures.

Cada uma pelo valor de face de R$ 5 mil.

Cyrela (CYRE3): Trux aumenta participaçao para 5%

A Cyrela (CYRE3) comunicou que ontem foi informada sobre o aumento de participação pela Truxt Investimentos.

A Truxt passou a ter, em 9 de outubro, 20.609.400 ações, ou 5,16% do capital da Cyrela.

Uma ação CYRE3 passou a valer R$ 26,29, após alta de 1,08% na sessão de quinta-feira (15).

De acordo com a compradora, a operação foi realizada para os fundos da Truxt, apenas com o objetivo de investimento.

Rumo (RAIL3) paga juros de R$ 20 milhões

A Rumo (RAIL3) soltou comunicado ao mercado hoje avisando que pagará juros aos debenturistas das 13ª e 14ª emissões.

Na 13ª, emitida em 12 de setembro do ano passado, os juros no valor unitário são de R$ 37,43461528 por debênture referente à 1º Série.

Já da 2ª Série, os juros no valor unitário são de R$ 20,41061695 por debênture.

Com relação à 14ª emissão, o pagamento será com juros no valor unitário de R$ 28,62483768 por debênture.