Movida (MOVI3): subsidiária avalia emissão de títulos no exterior

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Movida (MOVI3) / Divulgação

A Movida informou nesta segunda-feira (25), que sua subsidiária financeira, Movida Europe, sociedade constituída sob as leis do Grão-Ducado de Luxemburgo, está avaliando a viabilidade de realização de uma emissão de títulos de dívida no exterior.

A Companhia ressalta que este comunicado não pressupõe a realização da emissão, a qual está sujeita às condições de mercado, bem como à análise e ao atendimento de outras condições a serem oportunamente definidas pela administração da Movida.

Por fim, se compromete a manter o mercado informado sobre qualquer decisão.

Descubra novos caminhos para multiplicar seu patrimônio. Aprenda hoje a investir R$ 300 mil com os melhores desempenhos.

S&P atribui rating B+ à Movida

A S&P Global Ratings atribuiu hoje (25) seu rating de crédito de emissor ‘B +’ à Movida. Também afirmamos o rating em nível de emissão ‘brAA’ das debêntures locais seniores sem garantia de ativos reais da empresa e mantivemos uma recuperação de ‘3’ (65%) sobre elas inalterada.

De acordo com a S&P, a perspectiva estável reflete sua expectativa de aumento dos fluxos de caixa nos próximos graças ao crescimento da frota financiada por dívida, que deve manter as métricas de crédito relativamente estáveis.

A Movida recentemente propôs a emissão de notas seniores sem garantia de ativos reais. Agência espera que a locadora use parte dos recursos para financiar uma estratégia mais agressiva de crescimento da frota. Ainda assim, os prováveis ​​fluxos de caixa mais elevados devem compensar o aumento da dívida nos próximos anos.

Posição sólida no Brasil, mas falta escala e diversificação de outros grandes players

A S&P vê a Movida bem posicionada no mercado brasileiro, por ser uma das três maiores players com grande reconhecimento de marca e escala crescente.

Apesar disso, a empresa atua apenas no Brasil, com ativos e base de receitas muito inferiores aos de seus pares, como a Localiza (RENT3) (BB + / Estável / -; brAAA / Estável / -) que tem posição de liderança no mercado brasileiro e Enterprise Holdings, Inc. (A- / Estável/ A-2), que é a maior locadora de automóveis do mundo.