Movida (MOVI3) conclui emissão debêntures no valor de R$ 600 milhões

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Movida (MOVI3) concluiu sua 5ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em 2 séries, no valor de R$ 600 milhões.

As debêntures emitidas pela Movida possuem o valor nominal unitário de R$ 1.000,00 na data da emissão.

Os títulos da 1ª série correspondem ao valor total de R$ 250 milhões e farão jus a juros de 100% do DI, acrescido exponencialmente de uma sobretaxa de 2,50% ao ano(base 252 dias úteis), com vencimento em 15 de outubro de 2023;

Juliano Custódio. Henrique Bredda. Luiz Barsi. Gustavo Cerbasi.

Estamos Ao Vivo!

Enquanto, as debêntures da 2ª série correspondem ao valor total de R$ 350 milhões e farão jus a juros a 100% taxa DI, acrescido exponencialmente de uma sobretaxa de 2,95% ao ano, com vencimento em 15 de outubro de 2025.

Duratex (DTEX3) unificará negócios Deca/Hydra e Revestimentos Cerâmicos em 2021

A Duratex anunciou que a partir de 1º de janeiro de 2021, os negócios Deca/Hydra e Revestimentos Cerâmicos serão unificados em uma única Vice-Presidência, sob a gestão do Marcelo Izzo.

De acordo com a empresa, a Diretoria de Revestimentos Cerâmicos seguirá liderada por Gilmar Menegon, que passará a reportar ao Marcelo Izzo, sendo peça importante no processo de integração das atividades e aceleração das sinergias.

Assim, a Duratex acredita que avançará no processo de captura de sinergias entre suas operações, ganhando mais competitividade e acelerando seu movimento de transformação digital.

Copasa (CSMG3) convoca AGE para deliberar sobre desdobramento de ações e dividendos

A Copasa convocou assembleia geral extraordinária (AGE), a ser realizada no dia 19 de novembro deste ano. A reunião visa deliberar sobre o desdobramento de ações, distribuição de dividendos e emissão de debêntures.

Caso aprovado, o desdobramento será na proporção de 1 ação ordinária para 3 ações da mesma espécie.

Dessa forma, a proposta é que o número de ações ordinárias que compõe o capital social seja alterado de 126.751.023 para 380.253.069, sem alterações no valor do capital social, que permanecem R$ 3,402 bilhões.

De acordo com a Copasa, o desdobramento tem como principal objetivo conferir melhor patamar para a cotação das ações negociadas na bolsa, a fim de torná-las mais acessíveis aos investidores e, consequentemente, proporcionar maior liquidez.

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.