Moura Dubeux (MDNE3) anuncia aquisição de participação relevante

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Divulgação/Moura Dubeux

Em comunicado ao mercado na quarta-feira (20) a Moura Dubeux (MDNE3) divulgou a aquisição de participação relevante por parte da Safra Asset Management.

Segundo o comunicado, a gestora Safra adquiriu 5.293.500 de ações ordinárias da companhia. Com isso, a nova acionista passa a deter 6,23% da fatia do capital da Moura Dubeux.

A Safra Asset, informou que não pretende alterar o controle da companhia ou sua estrutura administrativa.

Análises e Resumos do mercado financeiro com leituras de 5 minutos. Conheça a EQI HOJE

Ao mesmo tempo, o fundo do qual a Safra é gestora não tem meta pré-estabelecida para sua participação na companhia.

As ações da Moura Dubeux estrearam na Bolsa no dia 13 deste mês. No lançamento, os papéis chegaram a cair 5% e fecharam o pregão em queda de 2,63%, cotado a R$ 18,50.

Com as ações precificados a R$ 19,50 no lançamento, a companhia captou R$ 1,25 bilhão no IPO (oferta pública inicial).

Os novos recursos injetados na empresa tem como destino a quitação de passivos da companhia. Dessa forma, conforme prospecto divulgado, 90% dos recursos captados vão para a redução de dívidas, superiores a R$ 1 bilhão.

Os outros 10% serão destinados a reforço de caixa e a aquisição de terrenos.

Sobre a Companhia

A Moura Dubeux é uma construtora e incorporadora que iniciou suas atividades em Pernambuco há mais de 30 anos. Atualmente é considerada uma das maiores representantes do segmento no Nordeste.

Focada na construção de edifícios de luxo e alto padrão, é a primeira em market share nas cidades de Recife, Fortaleza e Natal.

Além disso, a Moura Dubeux também possui forte presença no segmento composto por flats, hotéis e resorts, voltado aos consumidores de alto padrão e estrangeiros.

Desde 2010, construiu mais de 3,5 milhões de m2 e entregou mais de 20 mil unidades, distribuídas em 217 empreendimentos.

O foco de atuação e expansão da Moura Dubeux está concentrado na região Nordeste, já que a região representa R$76,5 bilhões do valor geral de vendas total do mercado brasileiro.