Morning Call: O jogo virou? – semana é de recuperação

Filipe Teixeira
null
1

Crédito: Crédito da imagem: Reprodução/Internet

Véspera do feriado da paixão de Cristo, a quinta-feira pode marcar uma semana extremamente importante para a recuperação dos mercados globais.

Já a cereja do bolo parece mesmo ter ficado para hoje: a tão aguardada teleconferência da OPEP, que no melhor dos mundos, pode confirmar um corte substancial de aproximadamente 10 milhões de barris de petróleo ao dia.

Aos olhos dos radicais de Moscou, o boom do xisto que transformou os EUA em um importante exportador de petróleo também incentivou a beligerância de Washington.

No início de março, os preços baixos eram um meio bem-vindo de levar os produtores americanos ao limite.

As finanças estatais reforçadas da Rússia e suas empresas de petróleo de baixo custo mostraram ao mundo e, principalmente à OPEP, que os russos poderiam suportar a guerra de preços por um bom tempo, mas o mesmo não pode ser dito sobre o mercado de xisto americano e sua trilionária emissão de dívida.

Mas os russos também subestimaram o impacto do coronavírus. Agora, a crescente epidemia global forçou o país a uma paralisação que durará até o final de abril, causando um golpe sem precedentes na demanda por petróleo.

Tudo isso, justamente, quando Vladimir Putin, cujos índices de aprovação estão diminuindo, se prepara para prolongar sua estadia na presidência.

Um acordo de corte de produção com outras nações produtoras, mesmo que possa apenas amortecer a queda de receita, para impedir a economia – e a popularidade do presidente – de se desgastar ainda mais, soam muito mais sedutores.

Conseguir isso nos termos do Kremlin serão outros quinhentos. Mas que o jogo virou, disso não tenha dúvidas.

Dados

Outro trigger importante será a divulgação dos dados sobre o seguro desemprego nos EUA.

Também estão no radar por lá, o sentimento do consumidor além de uma fala do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell.

Por aqui, o grande destaque é para a votação em sessão virtual (10h) da proposta da Câmara de socorro aos Estados, o que levanta forte preocupação da equipe econômica, que pode ver todo o excelente trabalho de austeridade fiscal ir direto para a lata do lixo.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Dois pontos, em especial, chamam a atenção da equipe: a quebra do limite de 8% da receita líquida dos Estados para a concessão de empréstimos aos mesmos e a recomposição de três meses de perdas de arrecadação de ICMS no caso dos Estados e de ISS, por parte dos municípios.

Fogo amigo

O fogo amigo verificado internamente na equipe ministerial de Bolsonaro parece controlado e esta tem sido a grande notícia da semana.

Ontem, após longa reunião frente a frente, tanto o ministro Mandetta quanto o presidente Bolsonaro em seu quinto pronunciamento pós-crise do coronavírus trataram de adotar uma abordagem mais diplomática.

O mercado apenas agradece.

Mas a trégua política entre os poderes parece não cessar: à noite, o ministro do STF, Alexandre de Moraes, acatou um recurso da OAB que praticamente deixa o presidente de mãos atadas, ficando impedido de revogar decisões de Estados e municípios no combate ao coronavírus, o que deve impedir Bolsonaro de usar sua famosa caneta para decretar a ampliação dos serviços essenciais.

A falta de consenso sobre as orientações do melhor trato ao combate de pandemia tem levado ao relaxamento da quarentena em diversas cidades, aumentando o risco de disseminação mais acelerada no avanço de casos, justo às vésperas de se verificar uma subida exponencial, como vista em praticamente todos os países.

O Brasil passou ontem das 800 mortes, com 133 delas somente nas últimas 24 horas. Os casos confirmados já ultrapassam os 15 mil.