Morning Call: futuros americanos caem e commodities sofrem com trade war

Guilherme Paulo
Colaborador do Torcedores

Crédito: A broker looks at financial information on computer screens on the IG Index trading floor in London, Britain February 6, 2018. REUTERS/Simon Dawson

Na Europa e Ásia o cenário é misto diante de incertezas e tensões. Veja como operam as principais bolsas e acompanhe os índices do mercado.

Ásia mista

As principais bolsas asiáticas encerraram mistas, digerindo a nova frente da guerra comercial de Donald  Trump contra o Brasil e a Argentina deflagrada nesta segunda (2).

Além disso, declarações americanas levantaram a possibilidade de novas tarifas no dia 15, caso um acordo com a China não seja alcançado, e na contramão também indicaram que um acordo já está sendo redigido.

Segue no radar as tensões envolvendo Hong Kong, após Pequim suspender visitas de navios e aeronaves militares dos EUA ao território semi-autônomo.

Próximo dali, na Oceania, o banco central da Austrália decidiu manter seu juro básico na mínima histórica de 0,75%, sinalizando que poderá voltar a cortá-lo.

Nikkei 225 [-0,64%]
Shanghai [+0,31%]
Hang Seng [-0,20%]

Commodities sofrem em guerra comercial

Nem a especulação de que grandes produtores poderão ampliar os atuais cortes na oferta do petróleo é suficiente para sustentar o preço do óleo, que sofre com as declarações de Trump e as incertezas levantadas. A reunião entre os produtores deve acontecer na OPEP+ durante a próxima quinta e sexta-feira.

Os investidores também ficarão atentos à agenda do dia, com a divulgação da pesquisa semanal do American Petroleum Institute (API) sobre estoques de petróleo bruto e derivados dos EUA.

A referência britânica do petróleo, o Brent, opera em queda de 0,41% a US$ 60,67 o barril. A referência norte-americana, o WTI, opera também baixa de 0,32% a US$ 55,78 por barril.

O ouro opera com ganho de 0,35% a US$ 1.474,35 por onça-troy.

Europa também mista

O mercado europeu também digere a nova frente da guerra comercial lançada por Trump, desta vez contra a França, e ampliando com declarações para toda a união europeia.

Destaque negativo para a bolsa de Londres, onde pesa a cotação da libra esterlina forte contra o dólar, acelerando as perdas da bolsa. E também para a França, que segue pressionada após as declarações do presidente americano.

Alemanha | DAX [+0,09%]
Inglaterra | FTSE 100 [-1,62%]
França | CAC 40 [-0,94%]
Europa | Euro Stoxx 50 [-0,36%]
Itália | FTSE MIB [+0,19%]
Euro/Dólar | € 1,1071 | [-0,05%]
Libra esterlina/Dólar | £ 1,2997 | [+0,47%]

Mercado futuro americano levemente otimista

Em declarações, na coletiva da cúpula da Otan, Trump aproveitou para lançar novo suspense sobre as negociações com a China, dizendo que não tem um prazo para chegar a um acordo e que acha melhor esperar até depois da eleição.

Dow Jones 30 [-0,85%] | 27.552 pontos
S&P 500 [-0,69%] | 3.092 pontos
Nasdaq [-0,89%] | 8.241 pontos
VIX [+6,27%] | 16,18 pontos

 

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.