Morning Call: dia de baixa em todas as principais bolsas

Guilherme Paulo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Traders work on the floor at the New York Stock Exchange (NYSE) in New York, U.S., October 22, 2019. REUTERS/Brendan McDermid

Após discurso do presidente Donald Trump na terça (14), investidores estão menos otimistas com acordo comercial entre EUA e China. Acompanhe a seguir o desempenho e expectativa das principais bolsas.

 

Ásia em queda

As bolsas asiáticas encerraram em queda em meio à preocupação com disputa comercial entre EUA e China.  Notícia vinculada nesta manhã indica, segundo fontes do mercado, que as tarifas sobre importações da China emergem como obstáculo ao acordo comercial.

Os mercados já sinalizavam uma análise pessimista ao digerir as falas de Trump em seu discurso desta terça (12). O presidente americano disse que o acordo da fase 1 “poderia acontecer em breve”, mas avisou que está pronto para elevar as tarifas “substancialmente” se isso não acontecer.

O destaque negativo ficou para o Hang Seng, que tem o agravante no mercado doméstico com os insistentes protestos contra o governo, crescentes e violentos. E também para o índice de Shanghai, que fechou na mínima de 6 semanas.

Nikkei 225 [-0,85%]
Shanghai [-0,33%]
Hang Seng [-1,82%]

Commodities em baixa

O minério de ferro avançou 1,08% na bolsa de Dalian nesta manhã, enquanto em Qingdao teve queda de 0,55%, a US$ 81,03.

O petróleo, que já tinha queda com as incertezas na trade war, ampliou as baixas com as declarações da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) de que é prematuro aprofundar cortes na produção de petróleo, e que a produção de óleo xisto nos EUA está desacelerando.

A referência britânica do petróleo, o Brent, opera perdendo 0,95% a US$ 61,47 o barril. A referência norte-americana, o WTI, opera em queda de 0,63% a US$ 56,44 por barril.

O ouro opera com alta de 0,86% a US$ 1.466,15 por onça-troy.

Europa preocupada

Na Europa, as mesmas preocupações que afetaram o mercado asiática infectam os investidores do bloco do euro.

Entre dados econômicos, uma notícia positiva foi que a produção industrial da zona do euro subiu 0,1% em setembro ante agosto, contrariando previsão de queda (-0,3%).

O índice de preços ao consumidor no Reino Unido teve variação mensal de -0,20% em outubro, sendo maior que o esperado de -0,10%. E o índice de preços ao consumidor na Alemanha teve variação mensal de 0,10% em outubro, conforme expectativa

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Alemanha | DAX [-0,56%]
Inglaterra | FTSE 100 [-0,32%]
França | CAC 40 [-0,25%]
Europa | Euro Stoxx 50 [-0,45%]
Itália | FTSE MIB [-1,28%]
Euro/Dólar | € 1,1014 | [+0,06%]
Libra esterlina/Dólar | £ 1,2854 | [+0,08%]

Mercado futuro em modo espera

O mercado americano estará voltado para a divulgação de dados econômicos e o depoimento de Jeromes Powell, o presidente do FED, às 13 horas.

Os mercados tem viés negativo, seguindo o mau humor dos mercados.

Dow Jones 30 [-0,34%] | 27.568 pontos
S&P 500 [-0,34%] | 3.081 pontos
Nasdaq [-0,41%] | 8.240 pontos
VIX [+2,20%] | 14,18 pontos

Mercado brasileiro continua em queda

O Ibovespa caiu ao menor nível em três semanas nesta terça (12). Pesou para o resultado a fala de Trump sobre o acordo empacado com a China.

O índice brasileiro encerrou em queda de 1,49%, com 106.751 pontos.

O dólar futuro encerrou em alta de 0,38%, cotado a R$ 4,174.

LEIA MAIS:

Ibovespa renova máxima história com bom humor nos mercados

Após eleição, Argentina continua perdendo indústrias

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.