Morning Call: Após volatilidade observada, bolsas amanhecem positivas

Guilherme Paulo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Infomoney

Negociações comerciais voltam ao destaque, com política norte-americana em segundo plano.

Ásia

As bolsas asiáticas fecharam mistas com realização de lucros e atenção na guerra comercial. Apesar da fala de Trump na ONU, dizendo que um acordo com a China poderá vir mais cedo do que se pensa, a bolsa de Shanghai fechou em queda, realizando lucros.

Após a maioria das bolsas asiáticas terem encerrado os negócios, o Ministério de comércio chinês anunciou a compra de “grandes volumes” de soja e carne de porco dos EUA, sem especificar mais detalhes. Com isso, as tensões entre os dois países parecem atenuar-se.

Nikkei 225 [+0,13%]
Shanghai [-0,89%]
Hang Seng [+0,37%]

Commodities

O petróleo opera com leves ganhos nesta manhã, após a volatilidade e perda do dia anterior. As tensões envolvendo o Irã também influenciarão os mercados, com as próximas ações dos países envolvidos.

A referência norte-americana, o WTI, opera com ganho de 0,37% a US$ 56,70 por barril. A referência britânica, o Brent, opera em alta de 0,21% a US$ 62,52 o barril.

O ouro recupera parte do valor, também após forte baixa, operando em alta de 0,17% a US$ 1.514,85 por onça-troy.

Europa

O parlamento britânico retornou às atividades no dia de ontem, e o bloco do euro deverá ficar atento às próximas decisões políticas, enquanto não se chega a um acordo em relação ao Brexit, e a data se aproxima a passos rápidos.

Alemanha | DAX [+0,48%]
Inglaterra | FTSE 100 [+1,26%]
França | CAC 40 [+0,70%]
Europa | Euro Stoxx 50 [+0,58%]
Itália | FTSE MIB [+0,64%]
Euro/Dólar | € 1,093 | [-0,10%]

Mercado Futuro EUA

O impeachment de Donald Trump, que gerou forte volatilidade para os mercados mais cedo nesta semana, ficou em segundo plano, e as bolsas já se recuperam com foco nos próximos passos das negociações comerciais entre EUA e China.

O dia terá diversos discursos de membros do FOMC, além de dados do PIB norte-americano.

Dow Jones 30 [+0,27%] | 27.030 pontos
S&P 500 [+0,24%] | 2.993 pontos
Nasdaq [+0,18%] | 7.834 pontos
VIX [-0,61%]

Mercado Brasileiro

O Ibovespa fechou ontem na máxima, a 104.480,98 pontos, em alta de 0,58%, após mínima de 103.033,84 e máxima de 104.480 pontos. O volume ficou pouco abaixo da média: R$ 14 bilhões.

Apesar da alta generalizada da moeda no exterior ante seus pares emergentes, o dólar renovou mínimas durante a tarde de ontem contra o real. No fechamento, encerrou em baixa de 0,32%, a R$ 4,150, após máxima de R$ 4,195 e mínima de R$ 4.145.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Acompanhe o mercado financeiro em tempo integral: https://telegram.me/wisir

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.