Mori Energia emite R$ 300 mi em dívidas para financiar projetos

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: freepik

A Mori Energia geração distribuída de eletricidade informou ontem a conclusão da emissão de 300 milhões de reais em debêntures. Posteriormente, os recursos obtidos na transação vão financiar a construção de empreendimentos solares que somarão 129 megawatts em capacidade.

A operação ocorre em momento de forte crescimento no Brasil da tecnologia de geração distribuída (GD), que envolve a instalação de equipamentos em geral solares sobre telhados ou em grandes terrenos para atender diretamente à demanda de consumidores.

A empresa disse que 32 projetos fotovoltaicos de GD receberão os recursos obtidos com as debêntures, conforme publicação no Linkedin.

As debêntures, simples e não conversíveis, têm vencimento em 10 anos e foram ofertadas em regime de esforços restritos. O banco Bradesco foi coordenador líder da emissão, disse a Mori Energia.

 


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374