Monitor CVM: Unidas (LCAM3) compra Zetta Frotas; Marcopolo (POMO4) retoma parcialmente

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Divulgação / Facebook

A Unidas (LCAM3) comunicou ao mercado e aos acionistas nesta segunda-feira (13) a aquisição da empresa Zetta Frotas.

Segundo a Unidas, “a operação resulta da estratégia da Companhia de diversificação de sua operação de terceirização de frotas buscando a entrada em outros nichos ainda não explorados por ela”.

Dessa forma, a Unidas pretende fornecer ao mercado veículos como “ambulâncias, UTIs móveis, veículos de resgate, carros fúnebres, viaturas policiais, entre outros”.

A aquisição de 100% do capital da Zetta Frotas foi fechada por R$ 25 milhões à vista. Já o restante será feito através da transferência de 2 milhões de ações da Unidas.

A operação está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Além disso, a companhia informou ainda a contratação de empréstimo para reforço de caixa e/ou refinanciamento de dívida no valor de R$ 300 milhões. A operação foi realizada por meio de cédula de crédito bancário, com prazo de três anos.

Marcopolo (POMO4) retoma gradualmente as atividades

A Marcopolo (POMO4) comunicou hoje a retomada parcial das atividades na planta industrial de Caxias do Sul (RS).

Observando a legislação municipal, retornarão ao trabalho 25% dos colaboradores do turno diurno e 25% do noturno.

A companhia declarou ainda que os cuidados no combate e prevenção a Covid-19 foram redobrados.

As plantas industriais do Rio de Janeiro e Espírito Santo continuam com suas atividades suspensas.

 

Vulcabras (VULC3) estende férias coletivas

A Vulcabras (VULC3) informou que as atividades da companhia permanecerão suspensas em razão da extensão do período de férias coletivas até o dia 26 de abril.

Em função do aumento no número de vítimas pela Covid-19, a companhia decretou férias coletivas em 23 de março deste ano.