Monitor CVM: Unidas (LCAM3) contrata empréstimo de R$ 252 mi

Marcia Furlan
Jornalista com mais de 30 anos de experiência. Trabalhou na Editora Abril e Agência Estado, do Grupo Estado, como repórter e editora de Economia, Política, Negócios e Mercado de Capitais. Possui MBA em Mercado de Derivativos pela FIA.
1

Crédito: Divulgação / Unidas

A Unidas (LCAM3) comunicou nesta quinta-feira (19) a contratação de empréstimo de R$ 252,4 milhões, com vencimento em 2024, ao custo de CDI+0,82%. De acordo com o comunicado, os recursos líquidos terão a finalidade de reforço de caixa “para o curso normal dos negócios da companhia”, diante do cenário de incertezas como o momento atual.

Grendene (GRND3) e Unicasa (UCAS3) adotam férias coletivas

A Grendene informou que, em atenção às medidas de prevenção e combate ao Covid-19, resolveu conceder férias coletivas em todas as unidades no Brasil a partir da próxima segunda-feira (23) por 21 dias. A paralisação vale para as atividades fabris e administrativas.

A empresa afirma também em comunicado que, diante da incerteza da evolução do Covid-19, não é possível prever o impacto sobre o mercado financeiro e a economia global e, por consequência sobre as atividades da Companhia., no Brasil e no exterior.

Participe do maior evento de investimentos da América Latina

Na Unicasa Indústria de Móveis, funcionários que não possam realizar o trabalho remotamente por home office entrarão em férias coletivas de 20 dias a partir de segunda-feira (23). As reuniões estão sendo substituídas por videoconferência e as estritamente necessárias ocorrem em salas com ventilação natural. A empresa informou que visitas à fábrica por arquitetos, investidores etc estão suspensas; assim como viagens de negócios. Também foi suspensa também a convenção anual de lojistas, prevista para ocorrer no dia 26 de março enquanto as lojas da rede deverão seguir orientação dos governos municipais. A Unicasa prevê impactos financeiros, como redução no faturamento, entretanto, mas não pode fazer previsões ainda.

Banco Paraná pede suspensão do prazo para IPO

O Banco Paraná, que estava em preparação para abertura de capital, solicitou à Comissão de Valores Imobiliários a interrupção de prazo de análise da oferta pública de distribuição primária de ações, “em razão das atuais condições de mercado resultantes da pandemia do Covid-19. A prerrogativa foi aberta pela CVM a todas a companhias que estão com análises em andamento.

Sabesp (SBSP3) isenta consumidores de pagamento por 90 dias

A Sabesp informou que foi aprovada pela empresa a proposta de isenção do pagamento das contas de água/esgoto dos consumidores das categorias de uso Residencial Social e Residencial Favela, cadastrados em 19/03/2020, em razão das eventuais dificuldades das famílias decorrentes da paralisação das atividades pelo coronavírus.

A isenção valerá por 90 dias para as contas emitidas a partir de 01/04/2020 e abrangerá todos os municípios operados pela Sabesp. A companhia informou que os impactos financeiros da medida serão compensados com redução de despesas e ajustes orçamentários. A decisão ainda precisará ser ratificada pelo conselho de administração.

JHSF (JHSF3) atualiza medidas em shoppings

A JHSF atualizou informações prestadas ontem sobre o funcionamento de seus shoppings. O Catarina Fashion Outlet fechará a partir de hoje e pelo prazo de 30 dias. O Shopping Bela Vista, em Salvador, seguindo decreto da prefeitura municipal, terá as operações suspensas por 15 dias, a partir deste sábado (21). O Ponta Negra, em Manaus, aguarda orientações da autoridade local. Os restaurantes da cidade de São Paulo funcionarão temporariamente na modalidade de delivery, sendo que o Gero Panini Itaim, terá ainda a opção de pick-up. Os shoppings da capital paulista administrados pela companhia também estarão fechados.

Anima (ANIM3) intensifica aulas remotas nas universidades

A Anima informou que, como resultado da implantação de um trabalho de alteração do cenário de aprendizagem, conseguiu nesta quinta-feira (19) que 100% da base de cerca de 140 mil alunos, incluídos os alunos do Unicuritiba e da Unisul, pudessem ter assistir aulas de suas casas.

A empresa destaca que não se trata do denominado Ensino à Distância–EAD, onde profissionais da educação e alunos estão em lugares e tempos diferentes. No caso das universidades da Anima, os alunos e professores habituais estão em salas de aula virtuais simultaneamente, ao vivo, em um momento em que a mobilidade das pessoas está restrita em decorrência do coronavírus. O modelo híbrido, de acordo com a companhia, já é adotado há dois anos. Todos as atividades presenciais das universidades estão suspensas e todos estão trabalhando remotamente, com exceção das equipes de segurança e manutenção, em regime de escala.

Lupatech (LUPA3) reduz prejuízo em 74% em 2019

A Lupatech, em recuperação judicial, registrou prejuízo de R$ 26,178 milhões em 2019, uma redução de 74% em relação a 2018. O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) das operações continuadas foi negativo em R$ 1,479 milhões, uma queda de 95% sobre o ano anterior A receita líquida da companhia ficou em R$ 32,67 milhões, queda de 6%. O resultado financeiro foi negativo em R$ 9,61 milhões frente a um resultado negativo de 2018 de R$ 51,783 milhões.