Monitor CVM: Cade encerra processo envolvendo Metal Leve (LEVE3)

Marcia Furlan
Jornalista com mais de 30 anos de experiência. Trabalhou na Editora Abril e Agência Estado, do Grupo Estado, como repórter e editora de Economia, Política, Negócios e Mercado de Capitais. Possui MBA em Mercado de Derivativos pela FIA.

Crédito: Reprodução/Reuters

A Metal Leve (LEVE3) informou em fato relevante que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) encerrou o processo em que a empresa era investigada por supostas condutas anticompetitivas no mercado de peças automotivas em relação ao mercado de reposição de (aftermarket). O processo envolvia quatro empresas e dezessete pessoas físicas.

De acordo com a companhia, o órgão confirmou a cooperação da Metal Leve e não impôs penalidades, dada a assinatura do acordo de leniência assinado entre as partes. A empresa também destacou que “a conduta havia sido identificada e cessada antes mesmo do início da investigação do Cade em razão do Programa de Compliance instituído pela Companhia, o qual tem sido constantemente aprimorado”.

Rumo (RAIL3) e Alupar comunicam posição acionária

A Rumo (RAIL3) comunicou que a Fidelity Management & Research LLC atingiu a participação de 4,94% no capital social da empresa, o que significa 77.088.740 ações ordinárias. O principal acionista da empresa é a Cosan Logística, dona de 28,47% das ações.

Guia definitivo sobre Renda Variável  e os Melhores Investimentos para 2021

Na Alupar (ALUP4), os fundos de investimentos geridos pela Brasil Capital Gestão de Recursos Ltda atingiram participação de 5,01% das units de emissão da companhia, ou 14.686.584 units, que são representadas por uma ação ordinária (ALUP3) e duas ações preferenciais (ALUP4) em cada uma delas