Money Week: governança é necessária para atrair investimentos, diz Nardes

Giovana Kindlein
Colaborador do Torcedores

Embaixador da Rede Governança Brasil, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), João Augusto Nardes, diz que é necessário ter uma política de governança no Brasil para atrair mais investimentos.

Além disso, para atrair investimentos é preciso garantir segurança jurídica.

Sem transparência, a sociedade não investe no país, é preciso segurança jurídica. Com as regras, nós estamos montando isto“, afirmou Nardes, durante participação na Money Week.

Saiba mais sobre contratos de mini-índice ou minicontratos.

Avaliação de risco

Sob o ponto de vista dos investidores, os recursos aplicados no Brasil dependem hoje em grande parte de segurança jurídica. Para tanto, é necessário que haja uma clara política de governança no setor público brasileiro.

A governança estimula a transparência e contribui para o uso eficiente dos recursos”, destaca.

Para Nardes, é fundamental que a governança nos ministérios tenha como ferramenta padrão a avaliação de riscos na gestão e contratação de novas obras públicas a fim de determinar se o risco é aceitável.

Conquiste sua Independência Financeira. Conheça os 4 Pilares para Investir

É necessário ter gestão de avaliação de risco. Devemos automatizar os nossos ministérios nesse sentido. Nós criamos um manual com 10 passos. O primeiro passo é gerenciar o risco de forma produtiva”, apontou o ministro.

Desperdícios

Como exemplo de descaso, o ministro relembrou que, há pelo menos seis anos, desde a Copa do Mundo de futebol, o país convive com obras de infraestrutura que nunca foram concluídas, resultado desta falta cuidado com o recurso público.

O maior problema que temos no Brasil são as obras inacabadas“, disse.

De acordo com levantamento realizado em auditoria operacional em 2019 pelo TCU, com base em dados de 2018, o Brasil tem 14.403 obras inacabadas,

Nelas já foram gastos R$ 70 bilhões, mas ainda seriam necessários mais R$ 40 bilhões para finalizá-las.

Neste mês, o Congresso Nacional aprovou crédito suplementar de R$ 6,1 bilhões para obras de infraestrutura por fazer.

Quer saber sobre como investir e as melhores aplicações? Preencha o formulário abaixo!